Home » Eleições de 2010, Política, Todas as notícias » Polícia investiga Ney Santos, que diz sofrer perseguição política

Polícia investiga Ney Santos, que diz sofrer perseguição política

NeySantosO candidato a deputado federal, Ney Santos (PSC), foi alvo de uma grande operação da Policia Civil de Taboão da Serra, com cerca de 80 policiais, na quarta-feira, dia 15 de Setembro, que apreendeu computadores, documentos, veículos e outros pertences. Santos é investigado por adulteração de combustíveis, enriquecimento ilícito, lavagem de dinheiro, sonegação fiscal e formação de quadrilha. A polícia diz que sua fortuna chega a R$ 50 milhões.

“Não se explica com facilidade uma evolução patrimonial, uma evolução financeira nesse porte (…) que nos leva a crer, sim, uma ligação com o crime organizado”, explicou o delegado Raul Godoy Neto, responsável pelas investigações.

Já o candidato credita a operação como perseguição política. Ele também afirma que todos os seus bens foram adquiridos de forma legal e estão muito abaixo dos valores divulgados.

“Tudo isso não passa de perseguição política. Estamos em primeiro lugar nas pesquisas e incomodando bastante aqui na região. Estamos acabando com a máfia dos políticos. Por que não fizeram isso antes? Por que isso só aconteceu agora, a 18 dias das eleições?”, questionou, Santos.

O caso ganhou grande repercussão na mídia nacional e se tornou um dos assuntos mais comentados em todo Estado de São Paulo. Somente nos próximos dias será possível analisar o impacto na campanha do candidato.

Da Redação

Foto: Sandra Pereira

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online