Home » Política, Todas as notícias » Por presidência da Câmara e eleições 2020, Nóbrega faz cobrança: “Eu quero que o PSDB se posicione”

Por presidência da Câmara e eleições 2020, Nóbrega faz cobrança: “Eu quero que o PSDB se posicione”

Por Allan dos Reis, no Jardim Helena

Líder do Governo na Câmara Municipal, o vereador Eduardo Nóbrega (PSDB) criticou o silêncio das lideranças do PSDB de Taboão da Serra em relação à disputa pela presidência da Câmara, no fim do ano, e cobra que o partido confirme seu nome como pré-candidato da sigla a sucessão municipal, eleição que ocorre apenas em 2020.

Para Eduardo Nóbrega, o PSDB de Taboão da Serra precisa se posicionar publicamente e dizer quem são seus candidatos a presidente da Câmara no fim do ano e o sucessor em 2020.

Para Eduardo Nóbrega, o PSDB de Taboão da Serra precisa se posicionar publicamente e dizer quem são seus candidatos a presidente da Câmara no fim do ano e o sucessor em 2020.

Mesmo sem citar durante a entrevista, a cobrança é para o prefeito Fernando Fernandes, atual presidente e maior liderança do partido.

“É uma cobrança ao PSDB, partido que tem cinco vereadores, tem o prefeito, tem a deputada [Analice Fernandes] ligada a região e o PSDB precisa saber o que está acontecendo. O que se passa dentro. É um partido muito grande”, diz Nóbrega.

Para exemplificar, ele fez críticas ao governador Geraldo Alckmin (PSDB), que pelo apoio do PSB nacional tenta desestimular o partido a lançar candidato e apoiar a reeleição do Márcio França, do PSB, atual vice-governador, mas que vai assumir assim que o tucano renunciar para disputar a presidência, em meados de abril.

“Se você vê a questão estadual, todos os dias você vê notícias do Alckmin forçar uma candidatura do Márcio França. O partido que governa o Estado há 20 anos não tem um nome? Como em Taboão da Serra o partido tem quadros importantes. Foi mais nesta linha”, exemplificou.

Questionado se era mesmo uma cobrança para que o partido confirme sua pré-candidatura, Nóbrega respondeu.

“Eu quero que o PSDB se posicione. O PSDB como partido que tem cinco vereadores tem o direito de lançar o candidato a presidente da Câmara. O PSDB comanda há cidade há oito anos, com o prefeito e a deputada, tem o direito de pleitear a Prefeitura. Só que fiz a ressalva, fazemos parte de um grupo maior de 12 [vereadores] e se na composição o grupo entender que deve ser outro partido a comandar, isso pode ser colocado em discussão e pode acontecer”, explicou.

O Taboão em Foco procurou a direção do PSDB e foi informado que o tema não será comentado.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online