Home » Sociedade, Todas as notícias » Poupatempo agrada, mas área de lazer e Bom Prato são cobrados por taboanenses

Poupatempo agrada, mas área de lazer e Bom Prato são cobrados por taboanenses

Por Gilmar Júnior, na região do Pirajuçara

Inaugurado em janeiro de 2015 pelo governador Geraldo Alckmin, na Praça Luiz Gonzaga, a 64ª unidade do Poupatempo agradou a maioria dos taboanenses, porém ao menos duas outras prestações de serviço são cobradas: Bom Prato e uma nova área de lazer, já que a Praça Luiz Gonzaga deu lugar ao Poupatempo. A reportagem do Taboão em Foco foi ao local em março conferir o funcionamento dos serviços do órgão. Entre os munícipes o grau de satisfação é alto devido à agilidade e facilidade da retirada de documentos.

Poupatempo de Taboão facilitou a vida de muitos moradores da região. (Foto: Ricardo Vaz / PMTS)

Poupatempo de Taboão facilitou a vida de muitos moradores da região. (Foto: Ricardo Vaz / PMTS)

Por volta das 9h da manhã, o aposentado Maximiano Pereira de 70 anos saía acompanhado de sua esposa Rosalina Ramalho com os novos RGs em mãos. “Foi rápido. Eu cheguei depois das 8h30 e já estou saindo. O atendimento é bom”, diz Pereira. Rosalina concorda com o marido e completa a declaração ao dizer que “os funcionários são atenciosos”.

O pintor Diego Santos destaca a comodidade de poder contar com a nova unidade em Taboão. “Hoje vim aqui só para retirar a habilitação que renovei. Demorei menos de 20 minutos. No Poupatempo de Santo Amaro chegava a demorar até 3 horas”, explica. Além de prestar os serviços de renovação de RG, atestado de antecedentes criminais e segunda via de contas da Sabesp, o local também conta com os serviços do Detran (Departamento estadual de Trânsito).

Por outro lado, a área de lazer que havia na Praça Luiz Gonzaga, e que deu lugar ao órgão é ainda lembrada. Morador do Jardim Helena, Glycon Bernardes aprova a vinda do prestador de serviços públicos, porém reconhece que ainda faltam novas opções de lazer na região. “Antigamente tinham festas boas aqui na Praça, não havia briga e vinham famílias”. Bernardes ainda aponta que outro serviço que ainda falta é o Bom Prato – que deve ser inaugurado ainda neste ano –, que traria ainda mais benefícios para as pessoas para a região.

“Poupatempo é na verdade ‘Percatempo’”

Em contrapartida as opiniões de que a unidade não tem pontos negativos, a comerciante Luciana Oliveira afirma que não conseguiu tirar uma nova via do RG na unidade em Taboão. “Eu marquei o dia e horário e quando cheguei lá não tinha sistema. Passei mais de uma semana assim. Em vez de Poupatempo é ‘Percatempo’”, ironiza. Luciana disse que já desistiu de tentar o serviço em Taboão e vai até Santo Amaro para tirar o novo documento.

Segundo dados do governo estadual, o Poupatempo Taboão da Serra foi projetado para realizar até 2,3 mil atendimentos diários e deve beneficiar mais de 1 milhão de moradores da região. Além de Taboão da Serra, o posto presta serviços a cidadãos de Embu das Artes, Embu-Guaçu, Itapecerica da Serra, São Lourenço da Serra, Juquitiba e dos bairros paulistanos do Butantã e Campo Limpo. O investimento para a implantação da unidade foi de R$ 5,5 milhões e o valor de operação é de R$ 300,6 mil ao mês. Segundo o órgão, esse orçamento prevê toda parte de infraestrutura lógica, comunicação visual, equipamentos de informática (hardware e software), telecomunicações, treinamento dos mais de 150 funcionários, entre outros.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online