Home » Política, Todas as notícias » Prefeito de Taboão não negocia com grevistas e manda descontar os dias parados

Prefeito de Taboão não negocia com grevistas e manda descontar os dias parados

Por Allan dos Reis, da Redação

Os servidores municipais de Taboão da Serra que ficaram em greve por 19 dias terão esses dias descontados nos seus pagamentos no final deste mês e o prefeito Fernando Fernandes nega qualquer possibilidade de acordo com o chamado ‘comando de greve’. No pagamento de junho, a Prefeitura já descontou um dia parado no mês de maio.

Servidores de Taboão que entraram em greve terão os dias descontados do salário. (Foto: Reprodução / Facebook Siproem)

Servidores de Taboão que entraram em greve terão os dias descontados do salário. (Foto: Reprodução / Facebook Siproem)

Fernando Fernandes_Jul14

Prefeito Fernando Fernandes recusa qualquer acordo com os servidores que fizeram greve em Taboão da Serra.

“Não há nenhuma possibilidade de negociar esse desconto. Eles desrespeitaram um acordo que fizeram em meu gabinete. Só por isso. Quando a gente já tinha cedido nesse primeiro momento, eles me pediram para não descontar aqueles dias que já estavam parados, eu concedi. Só que eles foram lá fora e não honraram o compromisso. Foi uma decisão deles. Não foi uma decisão minha”, afirma Fernandes.

Os servidores têm uma reunião no início da noite desta segunda (7) e vão realizar uma assembleia geral na próxima quinta (10). Eles tentam uma audiência com o mandatário para discutir a pauta de reivindicações, que inclui um reajuste de 40% nos salários, e pedem que o prefeito reveja a decisão de descontar os seus salários. Com isso, eles prometem repor os dias parados.

Uma petição online peque que ele “abra negociações com a Comissão de Negociação do Funcionalismo, na Campanha Salarial 2014, e respeite o Direito de Greve, garantindo o não desconto dos dias parados, mediante a reposição das aulas e horas, sem retaliação aos grevistas”.

Questionado se não teme que o caso vá parar na Justiça, Fernando foi taxativo. “É um direito deles [entrar na Justiça]. Mas acho difícil eles receberem”, concluiu.

4 Responses

  1. Dias melhores virão? disse:

    Isso tem um nome: DITADURAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA.

  2. Flávia disse:

    Vergonhoso ! Prefeitura de “interior” com atitudes ditadoriais ! Vergonhoso ! Professor neste país é tratado como um ” Fuleco ” !

  3. kleber disse:

    Bom só queremos os nossos direitos trabalhista que o prefeito disse que não erraria mais com os funcionários e que consertaria os erros do passado e pagaria todos os direitos trabalhista conforme a lei.

  4. Gomes disse:

    O prefeito deveria abrir o Plano de Demissão Voluntária, pois, já que não há a menor chance desta gestão dar um salário digno aos servidores o melhor negócio e largar o emprego e conseguir coisa melhor. Todas as prefeituras da região repuseram a inflação de cerca de 5,7% menos Taboão que é a mais rica cidade. uma vergonha.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online