Home » Todas as notícias » Presidente Joice Silva nega ter recebido apoio velado do governo e promete: “a gente vai marcar a história da cidade”

Presidente Joice Silva nega ter recebido apoio velado do governo e promete: “a gente vai marcar a história da cidade”

Da redação do Taboão em Foco

Minutos depois de ganhar a presidência da Câmara Municipal de Taboão da Serra, a vereadora Joice Silva concedeu uma breve entrevista coletiva a órgãos de imprensa da região.

Durante todo instante, ela fez questão de negar que era a candidata do governo e que pudesse ter tido qualquer ajuda do prefeito Fernando Fernandes (PSDB) e da deputada estadual, e primeira-dama, Analice Fernandes (PSDB), como acusavam alguns assessores de vereadores durante a cerimônia de posse.

Nova presidente da Câmara Municipal de Taboão da Serra, Joice Silva. (Foto: Cynthia Gonçalves / CMTS)

Nova presidente da Câmara Municipal de Taboão da Serra, Joice Silva. (Foto: Cynthia Gonçalves / CMTS)

Joice Silva tem 33 anos, é divorciada, foi eleita pela primeira vez em 2012 com 1.592 votos e reeleita em 2016 com 4.294 votos. Ela já foi vice-presidente da Câmara [2013-2014] e será a primeira mulher a presidir o poder legislativo de Taboão da Serra desde sua emancipação político-administrativa há 57 anos.

CONFIRA A ENTREVISTA

Como você encara o desafio de comandar uma Câmara, que está dividida?

– Eu acho que a Câmara é um poder independente. Nós sabemos que temos lados e não tem como negar e isso ficou bem explicito. E eu respeito todos os vereadores e acho que nós temos que conduzir a Câmara em uma forma de harmonia. Não queremos brigas, não queremos divisão, muito pelo contrário, queremos buscar o que a população espera. Um governo que realmente beneficie a população taboanense.

Normalmente quando a gente é mulher, esperam que a gente seja mais fraca, mais frágil, e numa situação de conflito esperam que a mulher ceda. Você, presidente, como vai lidar com esse aspecto do lado mulher e das expectativas que se tem?

– Eu participo de um grupo [de sete vereadores] onde nós tínhamos três candidatos e nós vínhamos na disputa até o dia de hoje [domingo, dia 1]. Eu mostrei para eles que eu tenho posicionamento e independente de ser mulher ou homem, o que nós temos que ter é posicionamento, firmeza e palavra.

Fala-se muito que o grupo, independente de quem ganhasse, tinha como princípio que os cargos seriam divididos só dentro do grupo ganhador. É assim que será feito? Fale da sua gestão a frente da Câmara.

– A minha gestão a frente da Câmara, verdadeiramente começa amanhã (segunda dia 2), e nós teremos algumas decisões que serão feitas junto com o grupo que me elegeu. Será decidido como será feito a composição de cargos. Toda essa parte será decidida após reunião com o grupo.

Joice diz que Câmara será presidida por ela, mas decisões serão feitas por esse grupo de vereadores.

Joice diz que Câmara será presidida por ela, mas decisões serão feitas por esse grupo de vereadores.

Você já tinha visto uma eleição da presidência com esse clima tão belicoso?

– Eu nasci e vivi na política. Participei com a minha mãe [ex-vereadora Arlete Silva] de diversas presidências. Vi presidências bem acirradas, mas nunca como foi a de hoje [domingo]. O prefeito realmente, com toda certeza pode dizer, entrou no jogo, foi Carlinhos do Leme até o final. A deputada Analice e um grande empresário da cidade também. Eu posso te dizer que realmente, o outro grupo não ganhou a eleição, não por conta destas interferências, mas por conta que montamos um grupo independente e nos unimos. Era um sonho meu, do Marcos Paulo e do Dr. André, e eles souberem ceder. Nós vamos realizar o sonho deles mais para frente.

joice-silva-na-posseFica alguma mágoa dos vereadores do clima de hoje?

– Foi triste o que aconteceu hoje porque é uma festa de posse. Foi uma posse totalmente diferenciada da história. Essa vai ficar manchada. Nós sabemos o sentimento deles e sabemos que não é fácil. Vamos respeitar

O Carlinhos diz que o maior derrotado é o prefeito Fernando Fernandes. Você entende assim também?

– Somos um grupo de 12 e o único candidato da base que poderia ser votado era o Carlinhos do Leme. Todos os momentos que a base, prefeito, deputada, fez menção a presidência seria para que se votasse em Carlinhos do Leme. Nunca tive a oportunidade de ser candidata e votada pela base governista. Não somos contra o governo. Não somos oposição. Ganhamos com o governo para manter a governabilidade. Porém, nós não concordamos com o que foi imposto pelo governo e é um direito de todos nós.

Algumas pessoas ligadas a vereadores disseram que você ganhou a eleição porque tinha uma boa madrinha, que seria a Analice Fernandes. Gostaria que você comentasse.

– A deputada nunca falou comigo me dizendo que eu seria candidata. Muito pelo contrário, o tempo inteiro, durante esses 90 dias eles pediram votos para o Carlinhos do Leme. Por tudo que é mais sagrado. Eu digo olhando no olho de cada um de vocês. O candidato da deputada Analice Fernandes e do prefeito Fernando Fernandes era único e exclusivo o Carlinhos do Leme. Era questão de honra do governo fazer a presidência dele. Só que não foi assim que o meu grupo entendeu.

O seu grupo se sentiu desrespeitado pelo prefeito e deputada?

– Todos nós temos o direito a ser candidato a presidente. Respeitamos a decisão do prefeito. Ele fez o que poderia fazer para tentar eleger o Carlinhos do Leme, porém, nós também tínhamos essa vontade e nos mantemos unidos.

Pergunto pela forma como aconteceu e o outro grupo ter um clima de animosidade em relação ao seu grupo

– O jogo da presidência é assim. Um time ganha, um time perde. Nas últimas duas presidências conseguimos uma composição. Nesta não foi desta forma. Mas respeitamos o governo e o outro grupo que está com o prefeito. Hoje fizemos a presidência, fizemos a mesa da Câmara.

Joice Silva repetiu diversas vezes que não teve apoio da deputada Analice e do prefeito Fernando.

Joice Silva repetiu diversas vezes que não teve apoio da deputada Analice e do prefeito Fernando.

Qual é o seu sentimento em relação a sua vitória?

– Eu tenho pleno sentimento que nem eu, nem o André, nem o Paulinho éramos os escolhidos do prefeito. Não era o que o prefeito queria, não era o que o governo queria. Porém, o meu sentimento, é de gratidão a seis grandes homens que acreditaram em mim, votaram em mim e vão governar junto comigo a Câmara de Taboão

A sua gestão você pretende marcar como?

– Você vai acompanhar ao longo destes dois anos. A gente vai marcar a história da cidade. Posso lhe garantir.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online