Home » Sociedade, Todas as notícias » Pressão faz Alckmin adiar reorganização e alunos serão mantidos em suas escolas em 2016

Pressão faz Alckmin adiar reorganização e alunos serão mantidos em suas escolas em 2016

Por Allan dos Reis, direto da redação

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) recuou e anunciou às 13h desta sexta-feira (4) que suspendeu a Reorganização Escolar, proposta que iria fechar mais de 90 escolas no Estado de São Paulo e transferir milhares de alunos para implementação de ciclos únicos em cada unidade de ensino.

Alckmin recua e reorganização escolar não será implementada em 2016. (Foto: Arquivo)

Alckmin recua e reorganização escolar não será implementada em 2016. (Foto: Arquivo)

“Entendemos que devemos aprofundar o diálogo. O ano de 2016 que seria de implementação, será de ampliar o diálogo. Os alunos vão continuar nas escolas que estudam”, disse Alckmin, que após o pronunciamento conversou com a imprensa.

Em Taboão da Serra houve grande mobilização da comunidade escolar, incluindo pais e professores, após o anúncio – depois revogado – de que a Escola Alípio de Oliveira e Silva seria fechada. Foram feitas seguidas manifestações e caminhadas até a Diretoria de Ensino.

Para intensificar os atos, alunos ocuparam a escola Domingos Mignoni, na região central, no dia 23 de novembro. No dia 2 de dezembro, a escola Antônio Inácio Maciel, no Jardim Maria Rosa, também foi ocupada.

Escolas de Taboão da Serra que foram ocupadas contra a reorganização.

Escolas de Taboão da Serra que foram ocupadas contra a reorganização.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online