Home » Sociedade, Todas as notícias » Programa que aproxima PM da comunidade escolar termina com festa na Edgard Francisco

Programa que aproxima PM da comunidade escolar termina com festa na Edgard Francisco

Da redação do Taboão em Foco

Terminou na sexta-feira (20) com muita festa a Semana de Prevenção, Orientação e Segurança Escolar (SePOSE) realizada na Escola Estadual Edgard Francisco, localizada no Jardim Guaciara. O projeto é conduzido pela Polícia Militar e visa encurtar a relação com a comunidade escolar com uma série de atividades.

Banda da Polícia Militar encerrou semana de atividades com alunos de escola pública. (Foto: Divulgação)

Banda da Polícia Militar encerrou semana de atividades com alunos de escola pública. (Foto: Divulgação)

Ao longo da semana, os alunos participaram de uma série de palestras com a Polícia Militar a respeito da instituição, sobre trânsito, prevenção às drogas, abordagens, entre outros temas. Outras instituições como a OAB, Conseg, Escola do Legislativo e a Secretaria Municipal de Saúde complementaram as discussões em torno de doenças sexuais, cidadania, violência doméstica entre outros temas relevantes.

SePOSE na Escola Edgar Francisco_musicosA estudante do terceiro ano do ensino médio, Elana Moreira Nunes, disse que sua visão sobre a polícia mudou após essas atividades. “Muitas coisas que a gente tinha receio em lidar com a polícia, como por exemplo, minha amiga foi abordada por um policial e tinha uma imagem totalmente diferente. Ela achava que os policiais eram meio durões. Essa palestra mostrou para gente que não é bem assim. A partir de hoje as pessoas [alunos] vão ter uma visão diferente sobre eles”, diz.

O responsável pela aplicação do programa, o 3º Sargento da PM César Cardoso, da 2ª Companhia, comentou a experiência. “Foi uma experiência única. Eu com 28 anos de polícia me emocionei com os resultados alcançados nesta semana com alunos, professores e colaboradores. O projeto foi tão positivo que o nosso comandante já sinalizou que vai haver o próximo. É um programa que pode acontecer em outras cidades e estados algum dia”, explicou.

Integração entre a PM e alunos durou uma semana e foi alvo de elogios. (Foto: Divulgação)

Integração entre a PM e alunos durou uma semana e foi alvo de elogios. (Foto: Divulgação)

Quem também elogiou essa aproximação foi o professor de sociologia, Leandro de Freitas. “Foi inovadora essa proposta de trabalho para desconstruir algumas idéias em torno da polícia. Foi um momento único e precisamos melhorar cada dia mais”, afirmou.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online