Home » Política, Todas as notícias » PT fecha apoio a Aprígio e consolida “chapão” na disputa para vereador

PT fecha apoio a Aprígio e consolida “chapão” na disputa para vereador

Por Allan dos Reis, direto da redação

O Partido dos Trabalhadores (PT) de Taboão da Serra decidiu que vai apoiar a candidatura a prefeito do ex-vereador Aprígio (PSD) nas eleições municipais de outubro. A decisão não foi unânime porque parte dos filiados defendia candidatura própria do Professor Oderlan.

“Foi um processo bem duradouro porque alguns companheiros queriam candidatura própria. Mas decidimos pelo apoio ao Aprígio e vamos trabalhar para elegê-lo. Não temos condições políticas e eleitorais para manter uma candidatura própria”, afirma Wagner Eckstein, presidente municipal do PT.

Oderlan bem que tentou ser o candidato a prefeito do PT nas eleições municipais, mas partido fecha apoio ao Aprígio.

Oderlan bem que tentou ser o candidato a prefeito do PT nas eleições municipais, mas partido fecha apoio ao Aprígio.

Uma das exigências dos filiados do PT era a garantia de coligação proporcional para disputa de vereador. “A aliança é majoritária [para prefeito] e proporcional [para vereador]. É compromisso do Aprígio”, garante o presidente.

Na coligação que envolve, além do PT, o PC do B e o PSD, o temido ‘chapão’ se consolida. A disputa promete ser acirrada entre os atuais vereadores Professor Moreira (PSD) e Luiz Lune (PC do B), além dos ex-veredores Wagner Eckstein (PT) e até mesmo Paulo Félix (PC do B), que nas eleições de 2012, lançou a sua esposa Cida Félix, temendo ser barrado pela Lei da Ficha Limpa. Lune ainda é cotado para disputar com vice na chapa de Aprígio, mas ele tem negado os convites.

O presidente do PSD, Alexandre Depieri, reconhece que o acordo deve ser avalizado na convenção. “A decisão depende do Aprígio. Existe a ideia desta formatação, mas não tem nada fechado. Existem outros quadros possíveis”, afirma.

 

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online