Home » Política, Todas as notícias » Requerimento aprovado pede informações sobre emprego da esposa do ex-prefeito Evilásio

Requerimento aprovado pede informações sobre emprego da esposa do ex-prefeito Evilásio

Por Allan dos Reis, no Jardim Helena

Por 7 votos a 3, os vereadores de Taboão da Serra aprovaram um requerimento que pede informações a respeito da servidora de Taboão da Serra Roseane Maciel entre os anos de 2005 a 2012. No documento, são solicitados o local em que exerceu as suas atividades, quais designações, se houve mudança de cargos, algum tipo de gratificação entre outras informações.

Mas o requerimento tem dois detalhes. Ela é esposa do ex-prefeito Evilásio Farias, que comandou o município do período compreendido no requerimento. O outro detalhe, é que os vereadores Eduardo Nóbrega (PSDB) e Marco Porta (PRB) deixaram claro em seus discursos que o pedido é retaliação ao ex-mandatário.

“Ataques pessoais não deveriam nortear nenhuma das ações. A casa [Câmara] agora será tomada por ataques pessoais. E os ataques pessoais serão respondidos”, disse Nóbrega, líder do governo.

Vereadores aprovam requerimento contra esposa do ex-prefeito Evilásio Farias. (Foto: Cynthia Gonçalves / CMTS)

Vereadores aprovam requerimento contra esposa do ex-prefeito Evilásio Farias. (Foto: Cynthia Gonçalves / CMTS)

Os vereadores governistas acusam Evilásio de ser o autor de um jornal – daqueles que surgem apenas em períodos eleitorais – com denúncias sem consistências contra o atual prefeito Fernando Fernandes (PSDB) e sua família. O ex-prefeito também publicou um vídeo nas redes sociais tentando ligar a corrupção das empreiteiras investigadas na Operação Lava Jato com as doações feitas a deputada estadual Analice Fernandes (PSDB).

Parte da resposta já havia sido dada na semana passada pelos vereadores em tribuna. Em seu discurso, Porta escancarou o significado do requerimento. “De fato, esse assunto não vai colaborar em nada. É um assunto que não colabora em nada e não ajuda nos assuntos da ordem do dia. […] não colabora em nada com Taboão da Serra”, discursou.

VISTAS NO PROJETO DO PREFEITO

A base governista não chegou a um acordo e o projeto de lei complementar encaminhado pelo prefeito Fernando Fernandes não entrou em votação. O mesmo dispõe sobre a concessão do serviço funerário no município mediante licitação.

O outro projeto aprovado, de autoria da mesa diretora da Câmara, altera a referencia salarial de três cargos na Câmara Municipal. O projeto que aumenta o salário dos vereadores deve ser votado na semana que vem.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online