Home » Sociedade, Todas as notícias » Secretaria de Saúde inicia campanha para vacinar 40 mil pessoas contra Febre Amarela em Taboão

Secretaria de Saúde inicia campanha para vacinar 40 mil pessoas contra Febre Amarela em Taboão

Por Renata Cunha, no Parque Assunção

A Secretaria de Saúde de Taboão da Serra anunciou em entrevista coletiva que a partir desta segunda-feira (18) inicia a campanha de vacinação contra a febre amarela em todas as unidades básicas de saúde (UBS’s). Ao todo, o município recebeu 40 mil doses da vacina.

A campanha teve que ser antecipada após a morte de seis macacos no município de Itapecerica da Serra no início do mês. Por isso, os municípios da região iniciaram a vacinar a população.

Anúncio de campanha de vacinação contra febre amarela foi feito pela secretária de saúde Raquel Zaicaner durante entrevista coletiva. (Foto: Ricardo Vaz / PMTS)

Anúncio de campanha de vacinação contra febre amarela foi feito pela secretária de saúde Raquel Zaicaner durante entrevista coletiva. (Foto: Ricardo Vaz / PMTS)

“Esse é um bloqueio ambiental. Você se antecipa ao problema. É uma vacina de vírus vivo atenuado. Ele pode provocar reações e até mesmo a doença que você gostaria que fizesse a prevenção. […] Taboão da Serra é uma cidade urbana, e não há febre amarela urbana no Brasil desde 1942. Estamos vacinando porque é uma forma responsável de prevenção”, diz Raquel Zaicaner, secretária de saúde.

Além da vacinação nas unidades de saúde, a Secretaria deve percorrer alguns bairros, especialmente com maior densidade de matas e florestas, como Parque Laguna, Monte Alegre e outros desta mesma região para vacinar nos chamados postos móveis.

Os chamados bloqueios iniciaram nos bairros da zona norte de São Paulo e aos poucos se espalham pela Grande São Paulo. Ao todo, 10 pessoas já morreram no Estado.

A febre amarela é transmitida somente através de mosquitos dos gêneros Haemagogus e Sabethes, que vivem em regiões de mata extensa. O macaco não transmite o vírus da febre amarela. Assim como o homem, ele pode morrer ao ser picado por esses mosquitos. No país, não há caso de febre amarela urbana desde 1942.

Por isso, se algum macaco for encontrado morto, pode ser um indicador do vírus no ambiente. Caso isso ocorra, é necessário ligar para a Vigilância Epidemiológica, que poderá tomar medidas adequadas em cada situação.

Taboão da Serra recebeu 40 mil doses de vacina contra a Febre Amarela. (Foto: André Borges / Agência Brasília)

Taboão da Serra recebeu 40 mil doses de vacina contra a Febre Amarela. (Foto: André Borges / Agência Brasília)

A vacina é contraindicada para mulheres gestantes, crianças menores de nove meses de vida, e pessoas alérgicas a ovo de galinha. No caso das lactantes, se optarem por tomar a vacina, deve interromper a amamentação por no mínimo dez dias antes da aplicação. Quem já foi vacinado alguma vez na vida não precisa tomar outra dose.

SINTOMAS

Os sintomas mais comuns da febre amarela são insuficiência hepática, e como o próprio nome já diz, o infectado apresenta febre, olhos e pele amarelados.

*colaborou Allan dos Reis

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online