Home » Política, Todas as notícias » Secretário anuncia queda na arrecadação e Taboão deve ter nova lei de anistia de impostos neste ano

Secretário anuncia queda na arrecadação e Taboão deve ter nova lei de anistia de impostos neste ano

Por Allan dos Reis, na Redação

O secretário de finanças de Taboão da Serra, Adelço Bührer Júnior, participou nesta quinta-feira, dia 25, de audiência pública na Câmara e apresentou detalhes das metas fiscais referentes aos meses de maio a agosto deste ano. Em oito meses, a Prefeitura arrecadou um pouco mais de R$ 384 milhões.

Audiencia de Financas na Camara de Taboao_Facebook Cido

Câmara de Taboão da Serra recebe o secretário de finançcas Adelço Bührer Júnior em audiência pública. (Foto: Reprodução / Facebook Cido).

Ele afirma que a arrecadação caiu em 2014 e que há contenção de gastos com o corte de alguns serviços. Nos próximos dias a Prefeitura deverá encaminhar à Câmara mais uma campanha de anistia de multa e juros aos devedores de impostos municipais.

“A gente tem que ter consciência que a arrecadação está caindo. Cabe a gente [prefeitura] neste momento cortar despesas”, anuncia Júnior. E um dos primeiros serviços atingidos é a varrição de rua. Os funcionários também foram proibidos de efetuar hora-extra.

Entre as principais perdas estão impostos como o ICMS que deve fechar o ano com R$ 6 milhões abaixo do previsto. O repasse do Fundo de Participação do Município (FPM) também está abaixo do esperado.

Se por alguns momentos garantiu que haverá queda na arrecadação, em outros, o secretário afirmou que vai arrecadar o valor orçado e aprovado na Câmara.

Os vereadores também questionaram se vai haver corte de funcionários (livres nomeados) e, pelo menos por enquanto, parece não estar em pauta.

A audiência foi convocada pelo vereador Cido (DEM), que preside a Comissão de Finanças, e teve a participação de outros parlamentares. Com base apenas nos números apresentados, o presidente da Câmara Eduardo Nóbrega disse que “pela análise dos números vamos ficar muito próximos ao que foi aprovado pela Casa”, resumiu.

2 Responses

  1. tony disse:

    E um dos primeiros serviços atingidos é a varrição de rua. Os funcionários também foram proibidos de efetuar hora-extra. é a corda sempre arrebenta pro lado mais fraco,porque não diminuir os salários dos secretários que ganham 16 mil por mês e trabalham pouco.

  2. Beto disse:

    Nossos vereadores como são de primeiro mundo, com certeza para ajudar nas finanças do município,vão diminuir o valor dos salários…e ainda recebem salário? Ah , é profissão

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online