Home » Sociedade, Todas as notícias » Secretário de Transportes acusa Viação Pirajuçara de comprar ônibus para forçar aumento da tarifa

Secretário de Transportes acusa Viação Pirajuçara de comprar ônibus para forçar aumento da tarifa

Por Allan dos Reis, no Jardim Helena

Durante audiência pública da Comissão de Transportes na Câmara de Taboão da Serra na manhã desta segunda-feira (6), o secretário Gerson Brito acusou a Viação Pirajuçara/Fervima de ter comprado 20 novos ônibus há poucos dias para incluir os seus valores nas planilhas de custos, que serão apresentadas em novembro e forçar o aumento da tarifa, hoje em R$ 3,80.

Prefeitura de Taboão da Serra 'recusa' ônibus novos para não impactar no valor da próxima tarifa de ônibus. (Foto: Divulgação / CMTS)

Prefeitura de Taboão da Serra ‘recusa’ ônibus novos para não impactar no valor da próxima tarifa de ônibus. (Foto: Divulgação / CMTS)

Como chegou minutos após o início da audiência, o secretário não ouviu, mas foi informado das reclamações e questionamentos dos presentes para entender os motivos dos veículos ainda não estarem em circulação. Entre eles o advogado Antônio N. Gomes da Silva da Viação Pirajuçara/Fervima, detentora da concessão do transporte no município.

“A Viação Pirajuçara adquiriu 20 novos veículos para inclusão na frota com intuito, único e exclusivamente, de oferecer ao usuário uma frota mais moderna. O aumento de passagem segue as regras metodológicas estabelecidas no contrato e a intenção da empresa é oferecer veículos novos. […] Nós já fizemos dois ou três pedidos administrativos para substituição dos veículos. Quero deixar claro que é substituição do veículo. […] O senhor secretário em resposta ao pedido afirmou que estava em discussão o Plano de Mobilidade Urbana e que em razão disto ficava vedado a inclusão de quaisquer novos veículos. E a nossa justificativa é que isso não existe pertinência”, reclamou Silva.

Por isso, na hora da resposta, o secretário de transportes elevou o tom e revelou quais seriam – para ele – os reais motivos que fizeram a empresa investir milhões de reais para adquirir veículos para sua frota.

Secretário Gerson Brito barra os 20 novos ônibus que a Viação Pirajuçara comprou para circular em Taboão da Serra e acusa empresa de tentar inflar valor da tarifa.

Secretário Gerson Brito barra os 20 novos ônibus que a Viação Pirajuçara comprou para circular em Taboão da Serra e acusa empresa de tentar inflar valor da tarifa.

“Ninguém é contra ônibus novos na cidade. Isso é conversa. O que precisam saber é que por trás existem outros interesses que precisam ser revelados nessa casa. Esse é o mês de apresentar a planilha de custo, para que em janeiro comece nova tarifa na cidade. E colocar ônibus em novembro é inflar o custo da empresa para que haja nova tarifa de R$ 4,50, R$ 4,40. É um custo que o povo vai pagar. É o momento de por nova tarifa na cidade?”, questionou Brito.

Os representantes da empresa não negaram que o custo dessas aquisições serão levado em conta na hora em que a empresa reivindicar o novo valor da tarifa, que contratualmente acontece no início do ano. “A composição da frota entra no valor tarifário”, disse.

Depois do embate, secretário Gerson e o advogado da Viação Pirajuçara Antônio N. Gomes da Silva se cumprimentam após audiência pública.

Depois do embate, secretário Gerson e o advogado da Viação Pirajuçara Antônio N. Gomes da Silva se cumprimentam após audiência pública.

O impasse seguiu ao longo de toda audiência. Aliás, revelou que a relação entre a empresa responsável pelo transporte municipal e a Prefeitura é péssima e por isso ações têm sido ajuizadas em busca de consenso. Em contrapartida, a fiscalização nos veículos tem sido mais rígida e já renderam quase um milhão de reais em multas por problemas de manutenção.

O presidente da comissão, vereador Marcos Paulo (PPS), reconheceu que a audiência ficou marcada pelo impasse e que a luta dos parlamentares é para fazer com que os veículos comecem a circular para atender a população com mais qualidade.

“O que ficou claro de fato é que há um impasse de entendimento contratual da empresa e da Secretaria de Transportes. Todos querem que os ônibus rodem. A secretaria está com medo que isso impacte diretamente na planilha de aumento de passagem futuro e também a empresa também tem seus custos e a questão contratual de colocar uma frota de ônibus que não rompa os 10 anos [de idade média] de uso”, diz Marcos Paulo.

Para ele, o caso será resolvido apenas na Justiça. “Temos que entender que é legítimo da empresa, é um direito contratual da empresa de pedir o aumento. Cabe a Prefeitura avaliar se o aumento é pertinente ou não. Não cabe a comissão. Não cabe também a simples fala da Secretaria que não dará aumento porque a empresa vai buscar o seu direito na Justiça”, completou.

Os vereadores Carlinhos do Leme, Marcos Paulo e Johnatan Noventa tentam resolver impasse entre Prefeitura e Viação Pirajuçara.

Os vereadores Carlinhos do Leme, Marcos Paulo e Johnatan Noventa tentam resolver impasse entre Prefeitura e Viação Pirajuçara.

Também participaram da audiência os vereadores Carlinhos do Leme (PSDB) e Johnatan Noventa (PTB), que compõe a comissão. Outros vereadores, sindicalistas, motoristas da empresa e alguns moradores do município também participaram da discussão.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online