Home » Região, Todas as notícias » Sem acordo, servidores anunciam greve e prefeito de Embu promete descontar dias parados

Sem acordo, servidores anunciam greve e prefeito de Embu promete descontar dias parados

Por Williana Lascaleia, em Embu das Artes

Nesta segunda-feira, dia 2, cerca de 300 professores aguardavam em frente à Prefeitura de Embu das Artes uma contraproposta do prefeito Chico Brito contra a alteração na data de pagamento dos servidores que passou do último dia do mês para o 5º dia útil do mês.

Servidores protestam na porta da prefeitura de Embu das Artes contra o atraso nos salários.

Servidores protestam na porta da prefeitura de Embu das Artes contra o atraso nos salários.

Por volta das 10h30 uma reunião começou entre uma comissão de servidores da educação, GCM, saúde, fiscalização e obras, serviços urbanos e trânsito e transporte com o prefeito e – sem acordo – foi decidida a realização de greve.

Segundo os sindicatos foi uma reunião de imposição por parte de Brito e não negociável com os manifestantes. Em assembleia com 300 servidores foi decidido pela greve até o pagamento dos salários, previsto para sexta (6).

“Ele colocou que o governo federal não fez o repasse. Ele enrolou, enrolou e não deu uma solução. E disse que só paga na sexta-feira. […] A categoria deliberou a greve”, afirma Professor Segura, presidente do SIPROEM.

Os profissionais da educação e de outros setores aderiram à greve. A GCM apesar de apoiar a greve não pode participar devido às regras do regimento interno da categoria.

O petista prometeu abonar as faltas de sexta (dia 30) e desta segunda (2). Porém, afirmou que as faltas a partir desta terça (3) serão descontadas no próximo pagamento.

BLOQUEIO DA RÉGIS

Pela tarde a Rodovia Regis Bittencourt, no Km 282, ficou paralisada por uma hora e meia, afetando inclusive o trânsito no Rodoanel. O congestionamento ultrapassou os 10 km. A Policia Militar e a Policia Rodoviária Federal acompanhou a manifestação e após o período combinado em conversa com o Presidente do Sindicato, Paixão, solicitou a liberação da via. De comum, acordo os manifestantes acataram a solicitação.

Manifestação na Rodovia Régis Bittencourt em Embu das Artes.

Manifestação na Rodovia Régis Bittencourt em Embu das Artes.

No fim da tarde os manifestantes reuniram-se em frente ao almoxarifado central para discutirem os próximos passos da greve. Amanhã, após comunicarem aos pais dos alunos sobre os últimos acontecimentos, os professores vão se reunir novamente em frente à prefeitura.

Pela manhã, das 51 escolas do município, 12 estavam totalmente paralisadas e as outras parcialmente.

Segundo manifestantes, Brito disse ainda que iria ver a possibilidade de no próximo mês voltar a realizar o pagamento no dia 30.

Participaram da greve o SIPROEM, Sindicato dos Professores das Escolas Públicas Municipais de Barueri e Região, O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Embu, a APEOESP e o Sindicato de Itapecerica da Serra.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online