Home » Política, Todas as notícias » ‘Sem alarde’, Câmara cria mais cargos de R$ 6,6 mil para vereadores de Taboão

‘Sem alarde’, Câmara cria mais cargos de R$ 6,6 mil para vereadores de Taboão

Por Allan dos Reis, no Jardim Maria Rosa

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram por unanimidade nesta terça-feira, dia 22, um projeto de lei complementar da mesa diretora que aumenta de três para cinco os cargos para lideranças partidárias da Casa. A medida vai beneficiar os vereadores Ronaldo Onishi e Marcos Paulo, que deixaram recentemente o PSB e se filiaram no Partido Solidariedade e Partido Republicano da Ordem Social (PROS), respectivamente. Cada um deles vai indicar uma pessoa para ocupar o cargo. O salário é de R$ 6.650,00. Atualmente a Câmara tem representação de 12 partidos distintos para apenas esses cinco cargos. Por isso, há quem diga que nos próximos meses pode haver a criação de mais 7 cargos semelhantes.

Vereadores de Taboão da Serra discutem projeto que cria mais dois cargos com salário de R$ 6,6 mil.

Vereadores de Taboão da Serra discutem projeto que cria mais dois cargos com salário de R$ 6,6 mil.

Também foram criados mais dois cargos de recepcionista, um contínuo e um almoxarife, que devem ser preenchidos através do concurso público já em andamento. Porém, o que causou estranheza foi a tentativa dos vereadores de esconderem o que estava sendo votado. Nem o ‘caput’ do projeto foi lido. A tentativa era aprovar o aumento desses cargos sem qualquer alarde no meio de dois outros projetos.

Como um dos outros dois projetos foi retirado da pauta, apenas o projeto de autoria da vereadora Luzia Aprígio (PSB), que autoriza a prefeitura municipal a efetuar ‘Campanha Permanente de Desratização’ para alertar a população a importância de limpar terrenos para impedir o acúmulo de lixos e evitar o depósito de alimentos, foi aprovado em bloco.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online