Home » Sociedade, Todas as notícias » Sem super descontos, mas com alíquota menor, IPTU 2015 à vista ou 1ª parcela vence nesta quinta (12)

Sem super descontos, mas com alíquota menor, IPTU 2015 à vista ou 1ª parcela vence nesta quinta (12)

Por Allan dos Reis, direto da redação

Os contribuintes de Taboão da Serra começam a pagar nesta quinta-feira, dia 12, o IPTU (Imposto Predial Territorial Urbano) de 2015. Em relação ao ano anterior, os valores venais do terreno e construção, base do imposto, foram reajustados em 6,1%, abaixo da inflação oficial de 6,41%. A previsão de arrecadação é de R$ 47,5 milhões.

A novidade deste ano é que acabaram os super descontos que chegavam a 50% para pagamentos à vista. Opção que fez mais da metade dos contribuintes efetuarem o pagamento em parcela única. Porém, nos carnês deste ano o desconto será de 7%. A outra opção é pagar o imposto em 10 vezes.

Carnes do IPTU

IPTU 2015 não tem os super descontos, mas as alíquotas foram reduzidas.

Neste ano, houve também a redução na alíquota do imposto em até 20% nas áreas edificadas. Com isso, quem optar pelo parcelamento em 10x vai pagar menos do que pagou (ou pagaria) em 2013 e 2014. Já quem pagou à vista, e fará o mesmo neste ano, terá que desembolsar mais dinheiro devido a redução dos descontos.

SEM RESPOSTA

O site Taboão em Foco encaminhou por email alguns questionamentos à assessoria de imprensa da Prefeitura de Taboão da Serra no dia 16 de janeiro deste ano, que preferiu ignorar a solicitação, mesmo também sendo avisada por telefone.

Os questionamentos eram a respeito do percentual de contribuintes que optaram pelo pagamento à vista em 2014, quantos estão isentos do pagamento em 2015 e qual foi a arrecadação decorrente da campanha de anistia.

Os contribuintes fizeram dezenas de manifestação contra o aumento abusivo do IPTU realizado a partir de 2010. (Foto: Arquivo)

Os contribuintes fizeram dezenas de manifestação contra o aumento abusivo do IPTU realizado a partir de 2010. (Foto: Arquivo)

CORREÇÃO DA PGV

A correção da Planta Genérica de Valores (PGV) foi aprovada pelos antigos vereadores de Taboão da Serra no dia 1º de dezembro de 2009, que sequer leram o projeto de autoria do antigo prefeito Evilásio Farias (PSB). Porém, quando os impostos começaram a chegar à casa dos contribuintes no ano seguinte, a população se revoltou com os valores abusivos.

A revolta ficou ainda maior, quando uma operação da Polícia Civil, batizada de Cleptocracia, prendeu quase 30 pessoas, entre elas políticos e servidores, acusados de fraudar a dívida ativa do município, especialmente o IPTU.

PROMESSA DE CAMPANHA

Uma das principais bandeiras de campanha nas eleições de 2012 do atual prefeito Fernando Fernandes foi a revisão da Planta Genérica de Valores (PGV). Porém, após um estudo feito pela Prefeitura em conjunto com as imobiliárias do município chegou-se a conclusão que os preços dos imóveis estão corretos ou teriam que ser reajustados.

A saída encontrada então pela atual administração foi reduzir as alíquotas que servem de base de cálculo do imposto.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online