Home » Sociedade, Todas as notícias » Semana começa sem acordo e coletores de lixo continuam em greve em Taboão

Semana começa sem acordo e coletores de lixo continuam em greve em Taboão

Por Gilmar Júnior, direto da redação

Mais uma reunião entre a classe dos coletores de lixo, Siemaco (Sindicato dos trabalhadores em empresas de Limpeza Urbana) e o Selur (Sindicato das Empresas de Limpeza Urbana no Estado de São Paulo) representando a classe patronal, terminou sem sucesso. Segundo o presidente da Siemaco Taboão, Donizeti França, uma nova rodada de negociações está agendada para a próxima quarta-feira, dia 8, para tentar por fim a greve que já dura 13 dias.

Lixo acumula em diversos bairros de Taboão da Serra com a greve dos garis e coletores. (Foto: Arquivo)

Lixo acumula em diversos bairros de Taboão da Serra com a greve dos garis e coletores. (Foto: Arquivo)

A primeira negociação da semana colocou duas propostas em xeque: enquanto os trabalhadores pedem 9,5% de aumento os patrões oferecem 8,5%.  “Sentamos para conversar e o juiz viu que em algumas praças estão atendendo o teto que foi aceito no ABC Paulista. Aí foi pedido para que o nosso sindicato emita um parecer com as cidades que já atingiram o teto”, diz França.  Segundo o presidente, o sindicato patronal está protelando a decisão para que haja um julgamento.

Embu das Artes e outras cidades do ABC já chegaram a um acordo para a dissolução da greve após as empresas que atendem os municípios acatarem os 9,5% pedidos.

Coletores sofrem ameaças e caminhão de lixo é “sequestrado”

Em greve, garis de Taboão afirmam que estão trabalhando com medo.

Em greve, garis de Taboão afirmam que estão trabalhando com medo.

Com a dificuldade para chegar a uma decisão final, a situação está ficando insustentável. Além do lixo acumulado pela cidade, os 70% do efetivo profissional, que a categoria diz estar colocando nas ruas, chegam até a ter a segurança posta em perigo. “Está ficando ainda mais difícil. Nosso trabalhador está sendo ameaçado. No domingo (5), no Jardim Scândia, quatro pessoas armadas ameaçaram membros da equipe de coleta. A sorte é que uma viatura passou perto bem na hora e eles fugiram”, conta França.

Um dia antes, conforme revela o presidente, outra equipe teve o caminhão sequestrado no Parque Laguna. Após localizar o veículo pelo rastreador foi constatado que um homem com deficiência mental havia conduzido o veículo até sua casa, estacionado em frente a residência e, posteriormente, ido dormir. A equipe fazia uma rápida pausa em uma lanchonete da região. Ele afirma que ainda ocorreram protestos no Jardim Trianon e no Jardim Margarida, locais em que moradores colocaram fogo em pilhas de lixo.

França comunica que a Cavo preferiu não registrar boletins de ocorrência nos casos citados.

Sindicato cobra Prefeitura de Taboão

“A prefeitura não está fazendo a parte dela”, foi assim que definiu França. Segundo ele, apesar do programa emergencial implementado, que segundo ele não resolve a situação, o governo deveria agir e se manifestar para o fim da greve e por pressão para que o acordo seja feito com a Cavo, que é a empresa responsável pela prestação de serviços na região.

Após pedir 11,73% de aumento ante uma inflação de 7,9% e 6,5% ofertados pela Selur, os dois lados diminuíram suas propostas e chegaram aos valores que entraram em discussão nesta segunda.  “Entre os 8,5% (oferecido pelo sindicato patronal) e 9,5% (pedido pelos trabalhadores) a diferença é de R$ 10. É pouco, mas faz diferença para um trabalhador”, salienta França. Atualmente, um varredor recebe R$ 982 e mais R$ 536 em benefícios, já o coletor, tem o salário de R$ 1134 e mais R$ 520 de benefícios.

One Response

  1. kaunas uhane disse:

    Realmente um descaso com a saúde pública, aonde estão os orgãos maiores de ficalização? E ainda querem cobrar do cidadão de bem sobre as sacolinhas! E a imprensa que em um caso desse não se pronuncia? O povo esta realmente largado as minguas com esse politicos brasileiros#jogarolixonacasadoprefeito.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online