Home » Política, Todas as notícias » Shopping não cumpre prazo de construção de alça de acesso terá que se explicar a CPI criada na Câmara de Taboão

Shopping não cumpre prazo de construção de alça de acesso terá que se explicar a CPI criada na Câmara de Taboão

Por Allan dos Reis, no Jardim Helena

O Shopping Taboão teria até o final deste mês para construir e entregar a alça de acesso sobre a Rodovia Régis Bittencourt, no sentido Embu das Artes, como estava previsto no projeto desde a sua inauguração em 2002. Porém, o empreendimento não cumpriu prazos mais uma vez. E para tentar – novamente – acabar com a farra feita pelos seus administradores, a Câmara Municipal aprovou a criação de uma Comissão Especial de Inquérito [CEI], semelhante a CPI, para investigar o Shopping.

Shopping Taboão não cumpre TAC para construção da segunda alça e Câmara abre CPI para investigar os motivos. (Foto: Arquivo)

Shopping Taboão não cumpre TAC para construção da segunda alça e Câmara abre CPI para investigar os motivos. Enquanto isso, facilita apenas para chegar ao Shopping Taboão. Para sair sentido Embu é preciso passar por dentro dos bairros gerando trânsito. (Foto: Arquivo)

A comissão será presidida pela vereadora Érica Franquini (PSDB) que não poupou críticas ao centro de compras. “O Shopping Taboão deixou muito a desejar com os vereadores desta casa porque eles deram prazo, determinaram que seria construído, e não cumpriram. Então, a partir deste momento, após cobranças nas ruas, não poderia me privar de abrir essa CPI. Eles precisam vir aqui e dar esclarecimentos. A população precisa de resposta. Essa CEI não é brincadeira. Quero início e término da construção. Eles devem isso. Fomos lesados”, reclamou.

A vereadora Érica Franquini será a presidente da CPI contra o Shopping Taboão.

A vereadora Érica Franquini será a presidente da CPI contra o Shopping Taboão.

Vale ressaltar, que em 2013, os vereadores chegaram a criar a Comissão Especial de Acompanhamento, que terminou com o compromisso da administração do Shopping Taboão de entregar o projeto executivo em 12 meses e mais 12 meses para construção. Em setembro de 2014, o Taboão em Foco alertou que eles sequer haviam apresentado o projeto e a Câmara preferiu ignorar o descumprimento do prazo. Em junho deste ano, o site alertou novamente que sequer o projeto tinha sido apresentado a CETESB e mais uma vez os parlamentares ignoraram. Alguns deles, aliás, passaram a defender enfaticamente o centro de compras.

PAPEL DE BOBO: os vereadores de Taboão da Serra ficaram todos felizes com a promessa. Terminou o prazo e agora recebem críticas pelos outdoors que espalharam na cidade.  (Foto: Jornal Na Net)

PAPEL DE BOBO: os vereadores de Taboão da Serra ficaram todos felizes com a promessa. Terminou o prazo e agora recebem críticas pelos outdoors que espalharam na cidade. (Foto: Jornal Na Net)

Além da CPI, o Ministério Público Federal (MPF) tem feito cobranças a respeito da construção da alça de acesso, mas direcionadas a Prefeitura de Taboão da Serra, que repassa as cobranças ao shopping.

Assinaram ao pedido de abertura da CPI os vereadores Marcos Paulo (PROS), que deve ser o relator, Cido (DEM), Luiz Lune (PC do B) e Professor Moreira (PT). Pelo menos dois funcionários da Câmara, incluindo um procurador, devem auxiliar nos trabalhos, que terá início na próxima semana.

Para o líder do governo Eduardo Nóbrega (PR) “a CPI é outro instrumento que causa muita polêmica” e que “uma CEI não tem poder para avaliar uma iniciativa privada. Ela tem poder para avaliar atos da administração pública, e em alguns casos, da iniciativa pública com a iniciativa privada. Espero conversar com o Governo nesta semana. A princípio, o governo vê com muita tranqüilidade”, informou.

A reportagem tentou contato com o superintendente do Shopping Taboão, Carlos Alcântara, na manhã desta quarta-feira (28), mas a administração afirmou que o mesmo estava em reunião.

 

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online