Home » Política, Todas as notícias » Solar dos Unidos protesta em frente à Prefeitura de Taboão contra fim de convênio

Solar dos Unidos protesta em frente à Prefeitura de Taboão contra fim de convênio

Por Allan dos Reis, no Parque Assunção

Crianças, pais e dezenas de apoiadores da Ong Solar dos Unidos protestaram na manhã desta segunda-feira (21) em frente à Prefeitura de Taboão da Serra contra a decisão de rescisão do convênio com a instituição com o poder público, que previa o atendimento de 175 crianças e adolescentes na região do Jardim Clementino.

Em frente a Prefeitura, crianças, pais, funcionários e apoiadores da Ong Solar dos Unidos protestam contra o fim do convênio com o poder público.

Em frente a Prefeitura, crianças, pais, funcionários e apoiadores da Ong Solar dos Unidos protestam contra o fim do convênio com o poder público.

Empunhados com cartazes contra o prefeito Fernando Fernandes (PSDB), eles caminharam da Praça Nicola Vivilechio no Centro até a sede do executivo. Uma pequena comissão foi recebida pelos secretários de governo, Cândido Ribeiro, e assistência social, Arlete Silva, onde receberam a mesma resposta. O convênio – findado nesta segunda – não será renovado e o atendimento será feito pelo CRAS (Centro de Referência de Assistência Social), que deve ser inaugurado nos próximos dias.

Um dos coordenadores da instituição, André Mendes Arnoldi participou da reunião e reclamou da rescisão, sem que o centro de referência esteja prontou.

“Tentamos articular para que a rescisão fosse cancelada e houvesse a possibilidade de continuidade do convênio. Depois a gente tentou articular, a partir da rescisão, a possibilidade de um novo contrato de junho a dezembro, tendo em vista que o CRAS não está pronto e a partir de amanhã (terça) as crianças já não tem para onde ir. E também [o Cras] não vai suprir a demanda das 175 crianças com alimentação, com horário de quatro horas, de segunda a sexta”, reclamou Arnoldi.

Sem acordo, convênio entre Solar dos Unidos e Prefeitura de Taboão da Serra chega ao fim.

Sem acordo, convênio entre Solar dos Unidos e Prefeitura de Taboão da Serra chega ao fim.

Especificamente sobre a reunião, ele afirma que a “secretária (Arlete) trouxe a informação de que – se preciso – o Cras amanhã (terça) já será aberto” e que deseja utilizar a estratégia do Solar.

Por fim, afirma que a haverá reunião com os gestores para discutir a respeito do atendimento das 175 crianças sem os recursos oriundos da Prefeitura Municipal. “A partir de amanhã não estarão [as crianças] presentes no serviço, poderão ficar na rua, poderão ficar em casa em situação de risco”, pontuou o coordenador.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online