Home » Sociedade, Todas as notícias » SPDM assume gestão do PS Antena após Fernando rescindir com a Iacta

SPDM assume gestão do PS Antena após Fernando rescindir com a Iacta

Por Allan dos Reis, no Parque Assunção, em Taboão da Serra

Prefeito Fernando Fernandes assina rescisão de contrato com a Iacta Saúde e contrata a SPDM

O Pronto Socorro da Antena em Taboão da Serra está desde a meia-noite desta segunda-feira, dia 1 de Abril, sobre a administração da SPDM, organização social ligada a Escola Paulista de Medicina. A transição oficial aconteceu por volta das 19 horas de domingo (31). A nova empresa também administra no município o Hospital Geral do Pirajussara (HGP) e o Ambulatório Médico de Especialidades (AME). As informações do contrato não ainda não foram reveladas, mas a prefeitura vai pagar pelos serviços executados seguindo uma tabela de custos.

Na última quinta, dia 28 de Março, o prefeito Fernando Fernandes assinou a rescisão unilateral com a OS Iacta Saúde, que administrava o local desde o segundo semestre de 2010. Essa, aliás, era uma de suas promessas durante o processo eleitoral de 2012.

Foram vários motivos que levaram ao rompimento do contrato. Entre eles a falta de médicos que o PS enfrentava todos os dias. “Eles diziam que tinham 15 médicos trabalhando na unidade e nós em nenhuma oportunidade encontramos mais do que 5 médicos trabalhando”, afirma Fernandes.

“Nós vamos criar um sistema de referência que pode vir a servir para todo Estado de São Paulo. Nós vamos implantar algo inédito com a SPDM gerenciando o nosso hospital, o AME e o Pronto Socorro”, completa o prefeito.

A mudança apesar de significativa deve demorar alguns meses para surtir efeitos visíveis a toda população. “Saúde é uma coisa muito complicada. Nós temos certeza que em médio prazo a população e todos nós vamos sentir a mudança na saúde. Mas não é assim, vai mudar a gestão há ‘zero hora’ e na segunda de manhã nós vamos ver um céu de brigadeiros. Não é isso. Vamos começar um trabalho difícil, árduo e que vai demandar muito empenho a todos nós e vai marcar a recuperação do nosso sistema de saúde”, encerra Fernandes.

A SPDM também deve assumir em breve a gestão do Pronto Socorro Infantil Santo Onofre e futuramente a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) que está sendo construída em frente ao shopping. A administração fica com a gestão das unidades básicas de saúde.

Os responsáveis pela saúde em Taboão da Serra: Secretária de Saúde Raquel Zacainer, Jorge Salomão do HGP e Nacime Salomão da SPDM

O superintendente dos hospitais da SPDM, Nacime Salomão Mansur, diz que a meta é aumentar a interligação das redes de saúde do município e pede o aumento dos leitos de UTI do HGP e mais investimentos dos recursos federais.

“É preciso que a gente continue brigando e assine a petição para que a [presidenta] Dilma aprove os 10% da receita corrente para saúde, que está sendo bancada pelos Estados e municípios. (…) É preciso que o Governo do Estado veja a urgência e emergência não apenas sob o aspecto do pronto socorro, mas na ampliação dos leitos de UTI. É fundamental que o Hospital Pirajussara dobre a sua capacidade de leitos de UTI para dar resolução na rede municipal e regional”, pede Mansur.

A primeira-dama e deputada estadual Analice Fernandes (PSDB) disse a gestão integrada da SPDM dará mais subsídios para solicitar ao governador Geraldo Alckmin a ampliação de leitos de UTI no HGP. “O HGP precisa de auxílio para ampliação de leitos de UTI e nós já levamos para secretaria para ser viabilizado e troca de equipamentos do hospital. O governador já tomou conhecimento dessas necessidades”, afirma Analice.

Vereador Cido (esq) fala sobre as irregularidades da Iacta apontada por ele em relatório ao TCE.

REFORMA

A prefeitura de Taboão deve contratar uma empresa de forma emergencial para reformar o PS da Antena. Segundo a secretária de saúde Raquel Zaicaner no “processo de transição já foi feito um raio-x” dos pontos mais críticos e o local deve ganhar em breve mais alguns leitos de semi UTI.

PASSIVO COM IACTA

Encerrado o contrato com a IACTA Saúde, a administração municipal deve discutir agora a forma com que serão pagos os valores que a OS tem a receber. São cerca de 12 milhões, referentes há 5 meses, que a antiga administração do ex-prefeito Evilásio Farias não pagou. “Nós estamos [com o pagamento] em dia com a Iacta [a partir do dia 1 de Janeiro de 2013]. E os valores da gestão passada serão feitos junto ao Ministério Público e a Justiça do Trabalho”, revela Fernandes.

DENÚNCIAS

O vereador Cido (DEM) foi um dos grandes críticos do contrato entre a municipalidade e a Iacta Saúde e no ano passado denuncio ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) um dossiê apontando uma série de irregularidades no contrato e pedindo o seu cancelamento. “Essa empresa não tinha a menor condição de gerir a nossa saúde. O caminho era realmente buscar uma entidade que fosse série e tenha condições de gerir a saúde pública”, disse.

 

3 Responses

  1. MICHELY disse:

    PARABÉNS PREFEITO VC RESCINDI COM A IACTA,E NOIS FUNCIONARIOS SE LASCA,FICA SEM EMPREGO E SEM RECEBER O SALARIO E OS NOSSOS DIREITOS….VALEU (DIAS PIORES)

  2. Paulo Mori disse:

    Parabéns prefeito pela coragem e pela contratação da SPDM que administra muito bem alguns hospitais, só falta agora Sr prefeito pagar as indenizações trabalhistas dos trabalhadores que foram exonerados em janeiro, acreditamos que isto sera resovildo logo.

  3. Gomes disse:

    Sempre falam em reformar equipamentos públicos na cidade, mas, essas tais reformas não passam de pintar paredes, sempre foi assim na cidade, uma vergonha.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online