Home » Política, Todas as notícias » Stan reafirma propostas ‘com apelo eleitoral’ e ataca ‘obras’ de adversários em comício

Stan reafirma propostas ‘com apelo eleitoral’ e ataca ‘obras’ de adversários em comício

Adilson Oliveira, no Pirajuçara, em Taboão da Serra

Em comício na reta final da campanha, no Pirajuçara, no domingo, dia 23, o candidato a prefeito Stan (PSOL) reafirmou propostas de governo como construir um hospital municipal, suspender reajuste da tarifa do transporte e aumentar investimento em educação e atacou o legado dos adversários Fernando Fernandes (PSDB), quando prefeito, e Aprígio (PSB) e Wagner (PT), vereadores e candidatos a prefeito e vice governistas.

Stan afirmou que, para a população não depender de vaga de unidade do Estado e com gestão de uma entidade privada – caso do Hospital Pirajussara –, vai ter como prioridade construir um hospital municipal, “que os doutores não souberam propor”, em referência a Fernando e ao prefeito Evilásio Farias (PSB), médicos com oito anos como prefeito. Eles foram acusados de piorar a saúde por serem donos de clínicas na cidade.

“Vamos romper com essa maldita cooperativa, que nos tira R$ 2,5 milhões por mês e não presta atendimento digno”, disse Stan, sobre a Iacta Saúde – que, na realidade, recebe da prefeitura, para gerir o Pronto Socorro e Maternidade Antena, R$ 34 milhões, R$ 2,8 milhões/mês. “Nesses 15 dias até eleição, vamos divulgar que iremos congelar a condução e pôr 30% do orçamento em educação, como fez Erundina [como prefeita em SP].”

Ao lado de candidatos da coligação e de Valente, Stan discursa e diz ter "alto grau de aceitação da população"

Aos mirar os oponentes, Stan disse que Fernando “criou a taxa do lixo, liberou o shopping [na cidade] de pagar IPTU e foi condenado a pagar R$ 500 mil por propaganda pessoal em ovos de páscoa”, em 1992, e que Aprígio e Wagner votaram em 2009, em decorrência da nova planta de valores dos imóveis, “a favor do aumento do IPTU e abriram a comporta da corrupção” com a fraude da dívida ativa. “São farinha do mesmo saco”, bradou.

Nomes a vereador também não pouparam rivais. “Tem um candidato que esteve envolvido em uma série de escândalos, trouxe arrocho salarial para os servidores, e agora aparece como salvador da pátria”, disse um candidato, em alusão a Fernando. Uma candidata acusou a gestão Evilásio de precarização dos serviços e citou que a TV que caiu sobre a cabeça de um garoto na EMI Bidu estava em “móvel em que faltava uma rodinha”.

No ato, o deputado federal Ivan Valente (PSOL) disse que Stan representa “a mudança real” entre candidatos “que já estiveram no poder e cumpriram papel de assaltar a prefeitura, seja com PSDB, seja com PSB junto com o PT”. Indagado pelo TF que em 2004 o então petista Stan apoiou a eleição de Evilásio, ele disse que quando o PT deixou de ser um partido ético, popular e de transformação social “caímos fora, e o Stan veio com a gente”.

O comício reuniu na gelada tarde cerca de 50 pessoas e frustrou a coligação. Um candidato disse que fez muitos convites por meio de rede social, mas “infelizmente não tivemos grande presença dessas pessoas”. A rua Rui Barbosa foi fechada, com fita de sinalização, e impediu o acesso de motoristas. Questionado pelo TF, um candidato morador do local disse que fez o bloqueio “com autorização da prefeitura, do pessoal do trânsito”.

One Response

  1. Jennifer disse:

    A população precisa votar em candidatos que possuem propostas sérias para nossa cidade e o Stan é esse candidato. Chega dos mesmos, pessoal. Vamos tirar nossa cidade dos noticiários que somente publicam coisas ruins de nosso municipio. Stan neles.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online