Home » Sociedade, Todas as notícias » Suspeito de matar escriturária é preso em Taboão da Serra

Suspeito de matar escriturária é preso em Taboão da Serra

Do site da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo

Jovem assassinada durante assalto em São Paulo. (Foto: Reprodução)

O desempregado A.M.R., 30 anos, suspeito pela morte da escriturária Vanessa Ferreira Carobene, de 21 anos, foi preso pela Polícia Militar, às 17h30 de segunda-feira (22), na Estrada Kizaemon Takeuti, Taboão da Serra, Grande São Paulo. Ele foi reconhecido por uma testemunha como autor do tiro que matou a jovem, em setembro deste ano.

Policiais militares da Força Tática da 2ª Companhia do 36º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano (36º BPM/M) viram dois homens em uma motocicleta, e os abordaram. Ao checarem a placa, constataram que era adulterada.

O desempregado apresentou uma CNH aparentemente falsa. Desconfiados, os PMs foram até a casa da mãe do suspeito, onde apurou-se que o documento era falsificado. A.M.R. era foragido da Justiça por desobedecer a ordem legal de funcionário público (artigo 330 do Código Penal).

Ele foi preso em flagrante e levado ao 1º Distrito Policial de Taboão da Serra. Como havia suspeitas de que o homem estava envolvido na morte da escriturária, o Departamento Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) foi informado.

Uma testemunha do crime reconheceu o desempregado. Ele foi indiciado por uso de documento falso, adulteração de sinal identificador de veículo e latrocínio. O desempregado permanece preso, à disposição da Justiça.

O CASO

A escriturária Vanessa Ferreira Carobene, de 21 anos, foi baleada durante um assalto no dia 29 de setembro, na rua Dalton, na Vila Leopoldina. Ela estava em um  carro com o namorado quando foram surpreendidos por um homem, armado com um revólver. Ela morreu a caminho do hospital.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online