Home » Sociedade, Todas as notícias » Suspeitos presos durante sequestro de vereador e secretário são de Taboão; polícia descarta cunho político

Suspeitos presos durante sequestro de vereador e secretário são de Taboão; polícia descarta cunho político

Por Gilmar Júnior, no Jardim Salete

O sequestro do vereador de Taboão da Serra, Marco Porta (PRB), e do secretário de governo da Prefeitura, Cândido Ribeiro, que foram libertados no início da tarde desta quarta-feira (17) durou 12 horas. As vítimas foram capturadas no Parque Monte Alegre na noite de terça (16) após o secretário dar carona ao parlamentar. Conforme informou a Polícia, as vítimas foram liberadas na zona oeste de são Paulo mediante pagamento de resgate. A polícia descartou a hipótese de crime com envolvimento político. A quadrilha é formada por oito integrantes, sendo que três foram presos. Os detidos são de Taboão da Serra.

Suspeitos de realizar sequestro de vereador e secretário de Taboão da Serra foram presos pela polícia.

Suspeitos de realizar sequestro de vereador e secretário de Taboão da Serra foram presos pela polícia.

Segundo informações da Polícia, o vereador tomou carona com o secretário, por volta das 23h30, quando um Fiesta preto roubado, com três indivíduos anunciou o assalto. Dois dos suspeitos passaram para o veículo do secretário, uma Santa Fé preta, e exigiram dinheiro das vítimas.

Carro utilizado no sequestro de políticos de Taboão.

Carro utilizado no sequestro de políticos de Taboão.

O que era um roubo aparente culminou em um sequestro, a partir do momento em que as vítimas foram revistadas e a identificação parlamentar foi encontrada. “Eles vislumbraram a oportunidade de ganhar mais dinheiro do que eventualmente ganhariam em outras oportunidades”, disse o delegado Ricardo Pontes, titular do DISE (Delegacia de investigações sobre entorpecentes) e SIG (Serviço de Investigações Gerais).

“Fizeram uma ligação para uma terceira pessoa que possivelmente tinha mais know-how e foram levados para o cativeiro. E iniciaram as negociações. A princípio começou com 150 mil reais, depois passou para 100 mil reais, até chegar ao valor final de 10 mil reais. Nós elaboramos uma operação para a entrega do dinheiro, tínhamos alguns rastreamentos em alguns pontos e simultaneamente demos um start de resgate das vítimas e prisão dos envolvidos”, conta Pontes.

As negociações começaram por volta das 2h da madrugada e foram conduzidas sob orientação da Polícia. Antes disso, saques e compras foram feitas no valor de R$ 3.500 com os cartões das vítimas.

O dinheiro do resgate foi entregue em um posto de gasolina, no ponto de encontro marcado com a quadrilha. Depois de feito o pagamento, a polícia perseguiu o homem que recebeu o dinheiro e o prendeu.

O primeiro detido indicou quem era outro participante do crime e onde ele poderia ser encontrado. Na sequência, a polícia prendeu o carro e o segundo homem, que foi responsável por dar carona ao primeiro, que havia recebido o dinheiro. O terceiro preso foi outro indivíduo que recebeu o dinheiro repassado pelo primeiro. E na linha de investigação, a polícia chegou ao quarto integrante da quadrilha, que recebeu um celular para informar a quadrilha a movimentações da polícia. Conforme informa o delegado, há dois outros indivíduos que a Polícia já possui informações e outros três que ainda serão identificados.

No local do suposto cativeiro, a polícia não encontrou ninguém, nem mesmo as vítimas, que foram liberadas por volta do meio-dia. Porta e Cândido saíram caminhando pelo bairro do cativeiro. As vítimas, que não concederam entrevistas, passam bem. Dos três presos, T.F. de 31 anos tem passagens por tráfico, roubo e receptação. Os outros dois integrantes da quadrilha A.O.S (26 anos) e I.S.M. (de 32 anos) não tinham passagens. Os detidos foram conduzidos ao IML (Instituto Médico Legal) para a realização de exames de corpo de delito e responderão pelos crimes de extorsão mediante sequestro e formação de quadrilha.

One Response

  1. Sentindo na pele Ladrão roubando Ladrão .

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online