Home » Política, Todas as notícias » Taboão celebra dia de luta contra a homofobia com evento no Cemur

Taboão celebra dia de luta contra a homofobia com evento no Cemur

Por Allan dos Reis, no Centro

O município de Taboão da Serra celebrou na terça-feira (17) o “Dia Internacional Contra a Homofobia, Lesbofobia e Trasnfobia” com apresentações de danças no palco do Cemur. Logo no início foram apresentadas algumas leis de interesse da população LGBTTT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros).

O coordenador da Diversidade Sexual, Márcio Carneiro, explicou a importância do evento. “A gente deu um foco muito grande na parte infanto-juvenil, que são as crianças que estão fazendo todo esse trabalho, mostrando que já desde pequeno estão sendo orientados quanto ao respeito à pessoa com a identidade de gênero e pela opção sexual que a pessoa tem”, afirma.

Evento em Taboão da Serra em celebração ao Dia Internacional de Luta contra a Homofobia.

Evento em Taboão da Serra em celebração ao Dia Internacional de Luta contra a Homofobia.

Os dados públicos relacionados a essa população são praticamente nulos. Um dos poucos canais é através da ouvidoria geral. O coordenador também disse não ter conhecimento sobre agressões físicas.

Para a transsexual Jaqueline, que acompanhou parte do evento, é comum ver membros da comunidade LGBTTT sendo vítimas de xingamentos no município. Entre as principais dificuldades deste grupo, está na hora de conseguir um documento oficial com o Nome Social, obtido através da Justiça.

ORIENTAÇÃO NAS SECRETARIAS

O principal trabalho da Coordenadoria da Diversidade Sexual tem sido realizado dentro das secretarias da atual administração.

“A gente vem fazendo um trabalho em rede. A gente está caminhando ainda e para caminhar precisamos educar quem a gente tem dentro de casa, que foi o motivo para a gente começar a fazer o trabalho de rede nas secretarias. O respeito ao nome social, a questão do tratamento e acolhimento do indivíduo quando ele chega a uma unidade de saúde, na secretaria de desenvolvimento econômico ou da assistência social”, afirma Carneiro.

Segundo ele, a meta é conseguir criar um Conselho Municipal da Diversidade Sexual em Taboão da Serra.

Coordenador da Diversidade Sexual, Márcio Carneiro, durante evento no Cemur.

Coordenador da Diversidade Sexual, Márcio Carneiro, durante evento no Cemur.

PARADA GAY

Questionado sobre o fim das chamadas “Paradas Gay”, o coordenador afirma que há pouco envolvimento da sociedade civil e que seria desperdício de dinheiro.

“Ainda não é o momento porque todos os eventos que a gente faz, a gente convida a sociedade civil da população LGBT, e não vê a presença de praticamente ninguém. Como vamos construir uma parada no município. A gente vai ter um custo praticamente desnecessário. Temos que fazer um trabalho para criar o conselho e mais a frente a gente pensar em ver isso”, encerrou Márcio Carneiro.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online