Home » Todas as notícias » Taboão não recebe doses da vacina Pentavalente e crianças ficam expostas a doenças

Taboão não recebe doses da vacina Pentavalente e crianças ficam expostas a doenças

Por Allan dos Reis, no Parque Assunção

A Secretaria de Saúde de Taboão da Serra alertou na manhã desta quinta-feira (29) que não tem mais em estoque a vacina Pentavalente em nenhuma das Unidades Básicas de Saúde (UBS’s). Com isso, crianças recém-nascidas estão vulneráveis a cinco doenças: difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e doenças causadas por Haemophilus influenzae tipo b.

Crianças ficam sem vacina pentavalente e estão desprotegidas em Taboão da Serra.

“A Pentavalente é a vacina da rotina de todas as crianças. São três doses [ao longo do primeiro ano de vida]. Essa vacina é fundamental para o calendário das crianças e não temos doses. […] [O fornecimento] é responsabilidade do Ministério da Saúde, que fornece para os Estados, que distribui para os municípios”, diz Raquel Zaicaner, secretária de saúde.

O desabastecimento atinge outras cidades do país, como a capital paulista. Por ano, cerca de 4,5 mil crianças nascem em Taboão da Serra. Os bebês nascidos há dois ou três meses e que receberiam a vacina agora, terão que esperar até outubro.

No cargo desde o início de 2013, Raquel afirma que “nunca houve essa falta de vacina” e além da Pentavalente cujo estoque se encerrou, o fornecimento de vacinas como BCG e Hepatite A também tem sido abaixo do solicitado.

O Ministério da Saúde diz em Nota Informativa que mais de 3 milhões de doses foram interditadas pela Anvisa e não puderam ser utilizadas. E “a expectativa de normalização” é apenas para outubro.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentario

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online