Home » Sociedade, Todas as notícias » Taboão realiza evento de conscientização contra a violência doméstica

Taboão realiza evento de conscientização contra a violência doméstica

Por Gilmar Júnior, no Centro

Em comemoração ao Dia Internacional das Mulheres, a Coordenadoria de Direitos da Mulher de Taboão da Serra promoveu na tarde desta segunda-fera (9) palestras de conscientização da importância da denúncia em casos de crimes contra a mulher. Moradores, autoridades taboanenses e especialistas no tema marcaram presença no Cemur, no Jardim Bontempo.

Palestra de conscientização da importância da denúncia em casos de crimes contra a mulher.

Palestra de conscientização da importância da denúncia em casos de crimes contra a mulher.

No local, além da palestra, as mulheres participaram de sorteio de kits de cosméticos, ouviram música clássica com violinista ao vivo e recitação de poemas antes e depois das palestras. “Entendo esse evento como uma cultura de paz. Não podemos pensar que a violência é de agora, mas sim um processo histórico. É importante discutir isso entre homens e mulheres para saber que isso (violência) não é normal”, disse a secretária de saúde, Raquel Zaicaner.

A advogada poetisa, Thais Fernanda Bizarria, que é conhecida por explicar a Lei Maria da Penha em forma de poesia foi uma das palestrantes. Ela que não concorda com o dito popular, “briga de marido e mulher não se mete a colher”, convidou a todos para denunciar as mais variadas formas de crimes domésticos, sejam eles de caráter físico ou psicológico. “ ‘Todos somos iguais perante a lei’ é o que diz o artigo quinto da Constituição Federal, mas na prática somos diferentes. A mulher é mais sensível”.

Na segunda palestra, a advogada Carla Martins falou sobre os crimes virtuais contra a integridade da mulher e explicou que tais práticas são comuns e que até ela mesma já foi vitima. Na semana passada, que antecedeu o Dia Internacional da Mulher, foi postado em sua página no Facebook um vídeo que atrelava a imagem de Carla ao de um site pornográfico. Apesar dos ataques, a especialista aponta que o grupo que mais sofre desse tipo de crime é o dos adolescentes, devido a facilidade tecnológica e falta de experiência que a faixa etária tem. Pedidos de amizade de perfis de origem duvidosa e programas instalados em celulares suspeitos devem ser evitados, explica.

Autoridades durante evento no Cemur em Taboão discute a violência contra a mulher.

Autoridades durante evento no Cemur em Taboão discute a violência contra a mulher.

De acordo com a coordenadora dos Direitos da Mulher em Taboão, Sueli Amoedo, além de aumentar o número de denúncias envolvendo violência doméstica, houve uma crescente nos casos julgados e sentenciados na cidade “As denúncias podem ser feitas na Delegacia da Mulher, promotoria de justiça e na coordenadoria, onde proporcionamos toda a estrutura para a mulher com assistência jurídica, médica e psicológica”, declara.

SERVIÇO

Delegacia de Defesa da Mulher

Estrada das Olarias, 670 – Jardim Guaciara

**

GEVID – Grupo de Autuação Especial de Enfrentamento à Violência Doméstica/ Ministério Público

Praça Miguel Ortega, 506 – Parque Assunção

**

Ou pelo disque-denúncia 180

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online