Home » Esporte, Cultura e Lazer, Todas as notícias » Time de futebol da várzea taboanense vai a Câmara protestar contra eliminação em campeonato; secretário de esportes rebate

Time de futebol da várzea taboanense vai a Câmara protestar contra eliminação em campeonato; secretário de esportes rebate

Por Gilmar Júnior e Allan dos Reis

Representantes do Grêmio Desportivo Estrela foram a Câmara dos Vereadores na última terça-feira (23) para reclamarem de um caso que envolveu a punição que tirou a equipe do jardim Maria Helena, do campeonato amador dos veteranos (acima dos 35 anos) de Taboão. Um porta-voz da equipe subiu na tribuna e afirmou que pessoas ligadas a Secretaria de Futebol realizaram um julgamento duvidoso.

Segundo relata Luciano Rodrigues, o Babão, o problema ocorreu em uma partida válida pela fase de mata-mata entre o Estrela e o Grêmio Marabá. As equipes teriam entrado em campo com o uniforme parecido, mas com a autorização do juiz, o Estrela virou a camisa do avesso de forma que diferenciaria as vestimentas das duas agremiações.

Integrantes de clube da varzea

Faixa pede a saída de funcionários do departamento de esportes.

Ao fim da partida, o Estrela venceu por 6 a 1, entretanto perdeu o direito de seguir na competição após um recurso do adversário. “Só que o julgamento não foi justo. As partes têm que estar presente. Os dois capitães tinham que estar presente. A súmula da partida tinha que estar com a gente e não estava. Foi feito tudo pela espreita”, relata o membro da equipe.

Mesmo eliminada, mas sob a forma de protesto, a equipe do jardim Maria Helena foi ao jogo do Marabá, se trocou e entrou em campo promovendo um momento em que três equipes estavam no mesmo campo de jogo. No jogo subsequente, conforme conta Rodrigues, o Estádio Municipal José Feres, local de disputa da partida, estava com portões fechados e com policiamento reforçado. “A prefeitura faz um bom trabalho, assim como a secretária de esportes. O problema são algumas pessoas. Tem que ter mais respeito. Somos munícipes e pagamos impostos”, desabafou Rodrigues ao Taboão em Foco. Enquanto concedia entrevista, colegas de time exibiam a faixa de protesto no plenário.

OUTRO LADO

Secretário de esportes Fábio Fernandes no estádio municipal ao lado do pai e prefeito Fernando. (Foto: Reprodução)

Secretário de esportes Fábio Fernandes no estádio municipal ao lado do pai e prefeito Fernando. (Foto: Reprodução)

O Taboão em Foco entrou em contato com o secretário de esportes, Fábio Fernandes, que explicou que a decisão da exclusão do Estrela seguiu os tramiteis naturais. “O julgamento foi feito como todos os outros que foram feitos em nossa administração, seguindo os mesmos moldes da administração passada. Todo julgamento é feito sobre os relatórios feitos pelos árbitros nas súmulas dos jogos. Em seguida, caso haja alguma dúvida do ocorrido, representantes de ambas as equipes são ouvidos, mas somente em caso de dúvidas. Quando há algum problema em campo, relatado por árbitro em súmula, comprovado por representantes da secretaria em campo por meio de depoimentos e de provas como fotos e vídeos. Esse caso do Estrela ouve relatório de árbitros, depoimento de funcionários em campo e fotos e vídeos da equipe que entrou com o processo”, disse.

Fernandes ainda complementa dizendo que o caso do Estrela foi um dos mais simples já julgados, “pois o regulamento é claro, o mandante do jogo deve estar com dois fardamentos, caso o fardamento número um seja igual ao seu adversário, deve se utilizar o fardamento 2”. O secretário afirma que foram dados 20 minutos, conforme o regulamento, para a troca do uniforme. “Pelo regulamento não é permitido jogar com o uniforme do avesso, ainda mais quando a camisa não identifica numeração muito menos nome da equipe. Infelizmente a equipe do Estrela está tentando misturar as coisas. A função da secretaria é fazer valer o regulamento e o código disciplinar”, informou.

HISTÓRIA

O Grêmio Desportivo Estrela foi fundado no dia 10 de outubro de 1990 no jardim Maria Helena. Em 2003 a equipes conseguiu o acesso para a Segunda Divisão. No ano de 2004 foi campeão do torneio garantindo o acesso à elite do campeonato taboanense. Já Em 2009 a equipe conquistou o título da Primeira Divisão de Taboão da Serra.

One Response

  1. Gomes disse:

    Em Taboão da Serra fazem politicagem barata até com time de futebol, por isso nunca conseguem ganhar coisa alguma, somente derrota, empate, etc, um fiasco. Tirem os políticos do CATs que melhora.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online