Home » Todas as notícias » TRE-SP deve anunciar biometria obrigatória para os eleitores de Taboão e 2º turno em 2020 fica em xeque

TRE-SP deve anunciar biometria obrigatória para os eleitores de Taboão e 2º turno em 2020 fica em xeque

Por Allan dos Reis, no Parque Assunção

Nos próximos dias, o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) deve anunciar a inclusão de Taboão da Serra como cidade a ter a obrigatoriedade do cadastro biométrico obrigatório com validade já nas eleições de 2020.

Na sexta-feira, dia 28 de junho, o prefeito Fernando Fernandes (PSDB) confirmou a informação, também já comentada – de forma não oficial – por funcionários dos cartórios eleitorais.

Prédio que vai abrigar os cartórios eleitorais de Taboão da Serra.

“Alugamos um prédio novo na Avenida Armando Andrade. A Prefeitura [de Taboão da Serra] está fazendo tudo para instalar ali 50 pontos de recadastramento biométrico. Os dois cartórios vão começar operar e os técnicos do TRE vieram aqui visitar e fizeram um elogio muito grande a essa nova unidade, que provavelmente será o melhor cartório do Estado de São Paulo”, diz Fernandes.

FIM DO SEGUNDO TURNO?

O município de Taboão da Serra entrou nas eleições de 2016 na curta lista – fora das capitais dos Estados – com a exigência de segundo turno, caso nenhum dos candidatos majoritários atinjam mais de 50% dos votos válidos no primeiro turno. Na primeira eleição com essa exigência, Fernandes conseguiu 53,77% dos votos válidos e venceu no primeiro turno.

ELEITORADO

No mês de junho de 2019, segundo informações dos cartórios eleitorais ao Taboão em Foco, o município tem 207.050 eleitores aptos a votarem. Deste total, quase 37% [76.319 eleitores] já realizaram a biometria, que é realizada nos cartórios há anos, mas ainda não é obrigatória. “Agora haverá a revisão [do eleitorado] obrigatória com exigência da biometria”, diz representantes dos cartórios.

Para continuar com a possibilidade de ter segundo turno nas eleições municipais, a eficiência no cadastro biométrico teria que atingir 97%. O Taboão em Foco levantou alguns município cuja biometria foi obrigatória e todas elas houve perda significativa do eleitorado.

Em Sorocaba cerca de 18,5% do eleitorado teve o título cancelado. Em Votorantin foram 20,37%. Outros municípios como Salto de Pirapora e Várzea Paulista também tiveram perda superior a 15% do eleitorado a partir da obrigatoriedade da biometria.

SEM RESPOSTA

O Taboão em Foco procurou a TRE-SP há poucos dias para saber a respeito da exigência da biometria, mas o Tribunal se limitou a dizer que “Taboão não está em fase de biometria obrigatória” e nos encaminhou link [CLIQUE AQUI] com os nomes das cidades nessas condições.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentario

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online