Home » Câmara Municipal, Política, Todas as notícias » Vereadores aprovam pacotão em sessão que entrou durou até a madrugada

Vereadores aprovam pacotão em sessão que entrou durou até a madrugada

Câmara de Taboão volta aos trabalhos.

Câmara de Taboão volta aos trabalhos.

Na primeira sessão legislativa de 2012 que avançou a madrugada desta quarta-feira, dia 8, os vereadores de Taboão da Serra aprovaram um pacotão com 13 projetos de lei. Quase todos foram aprovados por unanimidade, exceto o que “cria a agência reguladora dos serviços públicos de saneamento básico”, que teve um voto contra.

Com a aprovação do projeto de lei complementar, encaminhado pelo prefeito Dr. Evilásio Farias (PSB), Taboão da Serra, na visão dos parlamentares, vai conseguir, enfim, ter mais controle sobre os serviços prestados pela Sabesp, concessionária responsável pelo fornecimento de água e a coleta de esgoto.

“Hoje nós não temos nenhum controle do que a Sabesp faz em Taboão e a agência vai dar conta disto”, diz o vereador Paulo Félix (PMDB). O petista Wagner Eckstein complementa que a criação “é determinação de uma lei federal que obriga a criação da agência”, diz.

Para custear o funcionamento da ARESB, a concessionária terá que repassar 3% do faturamento bruto aos cofres da agência. Os principais cargos, com salários de até R$ 7,5 mil, são de livre nomeação.

Para o vereador Cido (DEM), que votou contra o projeto, a agência “vai criar uma série de cabides de empregos em um ano eleitoral”, diz.

OUTROS PROJETOS

Entre os outros projetos aprovados, estão o que determina que o conselho tutelar preste conta em audiência pública, o que proíbe o funcionamento dos “paredões” do som em local público, criação de praça, de academias de ginástica ao ar livre para deficientes físicos, o que multa quem jogar lixoem vias públicas,  entre outros. Todos vão para sanção do prefeito. Também foram aprovados os 26 agraciados com a medalha “19 de Fevereiro”.

Por Allan dos Reis

One Response

  1. Ariel disse:

    Fazendo jus ao salário heim senhores vereadores.

    Bom se fosse assim os 4 anos de mandato,aprovando projetos que sejam realmente pertinentes ao município.

    E vamos ver quem realmente vai custear essa espécie de ouvidoria municipal da Sabesp,vocês não dão ponto sem nó que nós sabemos.

    Por um momento fiquei menos nervoso com vocês.

    Toamara que o próximo projeto não seja aumentar o número de vereadores nem o próprio salário , nem nesse mandato nem no outro.
    Ah! só para avisar,o salário mínimo atual é de R$622,00

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online