Home » Adote um Vereador, Política, Todas as notícias » Vereadores criam comissão para investigar fraudes na prefeitura de Taboão

Vereadores criam comissão para investigar fraudes na prefeitura de Taboão

A Câmara Municipal de Taboão da Serra aprovou por unanimidade a criação de uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) para apurar as irregularidades na baixa de débitos da dívida ativa da prefeitura que tem entre os acusados de envolvimento, e estão presos, os vereadores Arnaldinho, Carlos Andrade e José Luiz Eloi. O esquema tem a participação de funcionários e ex-funcionários da administração municipal. A sessão extraordinária ocorreu na tarde desta sexta-feira, dia 6.
A comissão é composta pelos vereadores José Aparecido Alves (DEM), que será o presidente, Olívio Nóbrega Filho (PR), o relator, além de Alexandre Depieri (PSB), Valdevan Noventa (PDT) e Wagner Eckstein (PT).
Câmara cria comissão com foco na administração municipal

Câmara cria comissão com foco na administração municipal

As primeiras convocações devem ocorrer no início da semana. Os nomes devem ser definidos neste sábado, dia 7, numa reunião fechada na câmara.

Com a CEI, os vereadores esperam que o foco das investigações saia da câmara e vá para a sede da administração, local aonde ocorreram às irregularidades.

“Foi lá no governo, lá na administração municipal que ocorreu o erro. Tem perguntas que não querem calar. Quem forneceu a senha para funcionário cometerem esses atos? Cadê o regime de fiscalização do poder público para um crime continuado? Quem assinou os balancetes não percebeu ou não quis perceber?”, questionou o líder do governo, vereador Paulo Félix (PSDB).

Apesar de adotarem o slogan “doa a quem doer”, clara ironia ao que disse o prefeito Dr. Evilásio Farias (PSB) em entrevista ao jornalista José Luiz Datena, no programa Brasil Urgente durante essa semana, os vereadores não se mostraram muito propensos a ‘cortarem na própria carne’.

“A CPI vai fazer justamente aquilo que o prefeito falou à Tv Bandeirantes. Doa a quem doer. Quem deve vai pagar na justiça”, diz o presidente da câmara José Macário (PT). Porém, questionado qual será o papel da comissão já que ela não pretende fazer nada além do que já está sendo feito pela polícia e pelo ministério público, nem mesmo propor cassações se forem necessárias, Macário disse que “a comissão vai apurar os fatos e não fazer justiça da sua própria idéia de comissão. É fazer justiça como diz o regimento interno e a lei orgânica do município. Nós não podemos fazer o julgamento antecipado”, completou.

Vereador Cido vai presidir a comissão de investigação

Vereador Cido vai presidir a comissão de investigação

Já o presidente da comissão disse que se for necessário vai haver cassações. “A partir do momento que a gente tiver dados corretos e se for necessário à cassação, e se houver a condenação [na justiça], não tenha dúvidas [que a comissão vai pedir a cassação]. Não estamos aqui para defender ninguém, mas para fazer justiça”, diz Cido.

Mas será que tudo acaba em pizza?

– “Não tem nenhuma pizza aqui na mesa”, falou Macário.

– “Com certeza quando os pares resolveram criar essa CEI não foi para terminar em Pizza”, finalizou Cido.

Por Allan dos Reis

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online