Home » Todas as notícias » Vereadores de Taboão voltam a reclamar de ‘privilégios’ dos candidatos sem mandato

Vereadores de Taboão voltam a reclamar de ‘privilégios’ dos candidatos sem mandato

Por Allan dos Reis, no Jardim Helena

Na sessão desta terça-feira (30), os vereadores governistas voltaram a reclamar dos candidatos a vereador que também apóiam a reeleição do prefeito Fernando Fernandes (PSDB). Os porta-vozes da insatisfação foram expostas pelo líder do governo Eduardo Nóbrega (PSDB) e o presidente da Câmara, Cido (DEM).

Um dos motivos do descontentamento foi pelo fato de um candidato do PRB estar tirando proveito (e fotos) no campo do Marabá, que recebe um novo gramado sintético e deve ser inaugurado em breve. Eles acreditam que o mesmo está sendo favorecido por membros do governo.

Vereadores voltam a revelar as suas insatisfações com os supostos privilégios dos candidatos que não tem mandato.

Vereadores voltam a revelar as suas insatisfações com os supostos privilégios dos candidatos que não tem mandato.

“Agora, na véspera de inaugurar o campo no Marabá, não somos sequer lembrados. Se fosse uma luta defendida por alguma liderança não tem problema nenhum. Nós sabemos respeitar as lutas. Mas a culpa é nossa. Não se fazia isso com [os ex-vereadores] Paulo Félix, com Olívio Nóbrega, com José Luiz Elói. A culpa é nossa. Agora é tarde. Salve-se quem puder”, reclamou Nóbrega.

Ele reclamou da relação que os atuais parlamentares tiveram com o prefeito ao longo deste mandato e culpou os próprios vereadores. “Quem se desgasta na defesa do governo é sua base de sustentação. E ai, Cido, muitas coisas que aconteceram neste mandato não poderia ter acontecido. E a culpa não é do prefeito Fernando Fernandes, a culpa é da própria base do governo, que não entendeu durante três anos e meio qual era o seu papel. Que a qualquer ‘bala’ cedida, saia com a boca adoçada”, completou.

O presidente Cido também reforçou as críticas na relação entre Câmara e Prefeitura e os excesso de espaço que outros candidatos têm na atual gestão.

“Levamos o plano de governo do Fernando Fernandes, participamos em todos os momentos aqui, com ônus e bônus, ou seja, quantas vezes defendendo o governo. Quantas vezes a oposição vinha falar da saúde e  nós mostramos, não que a saúde estava maravilhosa, mas que existia inverdades. E agora, na reta final, você foi um guardião do governo durante quatro anos e no finalzinho, daquele ‘docinho’ você vai ficar só com o cristalzinho de açúcar”, reclamou Cido.

E em seguida completou. “Muitos candidatos tem que aprender que até o dia 31 de dezembro somos vereadores. Acredito que a Justiça não está sendo feito como deveria. Você faz proposta, indicação, requerimentos, ofícios, e chega uns ‘inhos’ da vida e diz que fez o requerimento. Tem candidato a vereador que diz “eu não sou vereador oficial” [a comunidade]”, pontuou.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online