Home » Política, Todas as notícias » Vereadores trocam farpas durante sessão em Taboão

Vereadores trocam farpas durante sessão em Taboão

Por Allan dos Reis, no Jardim Helena

A sessão legislativa na noite desta terça-feira, dia 10, não teve nenhum projeto de lei para apreciação. Na primeira parte da sessão, apenas a aprovação de dois requerimentos que concediam voto de louvor e voto de pesar. Porém, apesar da aparente tranqüilidade, os vereadores Eduardo Nóbrega (PR) e Cido (Dem), ex e atual presidente da Casa, trocam farpas pelo cumprimento do regimento interno.

Discussão entre os vereadores de Taboão da Serra durante a sessão legislativa.

Discussão entre os vereadores de Taboão da Serra durante a sessão legislativa.

A cada tomada de decisão do presidente Cido, o ex-presidente Nóbrega e agora líder do governo na Câmara subia a tribuna para apontar “falta de conhecimento” do regimento. Foram alguns minutos de embate até que os vereadores se reunissem na sala de reunião para acertar as indiferenças.

“No expediente [primeira parte da sessão] questionei alguns artigos do regimento interno. Porém, fizemos uma reunião e agradeço a forma como foi discutido [as supostas irregularidades]”, disse Nóbrega.

Experiente, Marco Porta (PRB) tratou de apontar as falhas do regimento aprovado em 1973, época em que o Brasil vivia uma ditadura. “Nosso regimento é muito lacônico em algumas coisas. Então tem que entrar o presidente com a sua decisão”, afirma.

Em tribuna, Marco Porta diz para vereadora Luzia Aprígio que alguns discussões podem não ficar bom para ninguém.

Em tribuna, Marco Porta diz para vereadora Luzia Aprígio que alguns discussões podem não ficar bom para ninguém.

VEREDAS

Um dos temas pautou a segunda parte da sessão foi à discussão e falsas ameaças dos vereadores ao Shopping Taboão, que se nega a construir a segunda alça de acesso sobre a Rodovia Régis Bittencourt, sentido Embu das Artes, como previa o projeto aprovado.

Com base nisto, a vereadora Luzia Aprígio (PSB) subiu a tribuna e provocou seus colegas eleitos. “Não é só subir aqui e ficar falando da alça do shopping e não fazer nada”. Em seguida, evitando a citar o nome do atual prefeito Fernando, disse que o mandatário aprova o funcionamento de algumas obras ‘inacabadas’, mas não libera as obras tocadas pelo seu marido e inimigo político do prefeito, José Aprígio.

A resposta – e o pano quente – veio com o vereador Porta que deixou um recado. “Se a gente for entrar nessas veredas, não vai ficar bom”, resumiu.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online