Home » Esporte, Cultura e Lazer, Todas as notícias » Viola e Fabrício Carvalho marcam, goleiro pega pênalti e Cats vence Ecus Suzano pelo Paulistão

Viola e Fabrício Carvalho marcam, goleiro pega pênalti e Cats vence Ecus Suzano pelo Paulistão

Por Gilmar Júnior, no Jardim Maria Rosa

O CATS (Clube Atlético Taboão da Serra) venceu o ECUS Suzano, neste sábado, dia 25, no estádio Vereador José Feres, em jogo válido pela segunda rodada do Campeonato Paulista da Segunda Divisão, equivalente a quarta divisão do estadual. O placar de 2 x 1 foi construído graças aos gols do ataque de 83 anos formado por Viola (46 anos) e Fabrício Carvalho (37 anos) e a defesa de pênalti do goleiro Luis. O volante Romualdo descontou para os visitantes. O Taboão soma 4 pontos, já o ECUS, com duas derrotas continua sem pontuar na competição.

Equipe do Taboão da Serra que venceu o Ecus com gols dos veteranos Viola e Fabrício Carvalho.

Equipe do Taboão da Serra que venceu o Ecus com gols dos veteranos Viola e Fabrício Carvalho.

O primeiro tempo começou com o Taboão com volume maior de jogo e as atenções voltadas aos estreantes Viola e Fabrício Carvalho. Demonstrando vontade e vigor físico, os medalhões não fizeram feio nos pouco mais de 90 minutos em campo. Após tentar de cabeça, Viola abriu o placar aos 32 minutos ao encher o pé esquerdo e vencer o goleiro. No final do primeiro tempo a equipe de Suzano teve maior posse de bola e chegou ao empate com Romualdo, depois de jogada de bola parada.

A etapa complementar foi mais movimentada e contou com boas jogadas de Fabrício Carvalho. O veterano teve três oportunidades, na primeira subiu sozinho após cobrança de escanteio e cabeceou para fora, na segunda chegou a fazer o gol, mas que foi anulado por estar em posição irregular. Na terceira tentativa, Fabrício complementou para o fundo das redes após escanteio de Juninho e fechou o placar aos 41 minutos. Mas a história da partida poderia ser diferente, caso o goleiro Luis não tivesse defendido a cobrança de pênalti do camisa 10 e capitão do ECUS Zé Felipe.

MEDALHÕES AGUENTAM 90 MINUTOS E MOLECADA SENTE CANSAÇO

Um fato que chamou a atenção foi a de que Fabrício Carvalho e Viola suportaram os 90 minutos de jogo e não sentiram o cansaço. O atacante Viola buscou jogo, correu, marcou, fez faltas e disse ao fim do jogo que esperava jogar por mais tempo. “Não foi um que sentiu, mas foram três – jogadores mais jovens que sentiram lesão por cansaço durante o jogo. Eu fiquei triste, porque o juiz encerrou a partida depois dos 90 minutos. Eu queria mais”, disse o sorridente Viola, com sua inconfundível bandana do Guns N’ Roses, da banda de rock. Fabrício Carvalho elogiou o conjunto e se demonstrou feliz com o desempenho físico e técnico durante a partida e gol feito.

O treinador Rogério Fidelis credenciou a experiência a qualidade física dos jogadores. “Eles aguentaram bem porque são inteligentes, sabem se posicionar e não se desgastam à toa. Mas se você pegar o Juninho, jogador de velocidade, de muita mobilidade, sempre vai haver um desgaste maior por conta disso”, disse.

O CATS enfrenta o União Suzano na próxima rodada, dia 2 de maio, às 15h, em Suzano. O ECUS vai a Diadema buscar os primeiros pontos no campeonato contra o Clube Atlético Diadema.

PRESIDENTE FALA DE MEDALHÕES E POSSÍVEL CONTRATAÇÃO DE EDILSON CAPETINHA

Com o apoio dos grandes estabelecimentos comerciais da região, o presidente do Taboão da Serra, Anderson Nóbrega, relatou que foi criticado em redes sociais por contratar jogadores como Viola e Fabrício Carvalho por terem a idade avançada. “As pessoas falaram mal, principalmente da contratação do Viola. Mas ele não é só para dentro de campo. Ele ajuda fora também”, diz.

Sobre a contratação de Edilson Capetinha ventilada pelo próprio presidente, ele afirma que as conversas ainda estão em andamento. “Se ele entender o projeto, assim como o Viola e o Fabrício Carvalho entenderam, ele pode vestir a camisa do Taboão. Estamos conversando”, completou.

FICHA DO JOGO

CATS: Luis; Felipe Chavão, Pirulito (Ávila), Marcelinho e Gabriel; Victor Hugo (Ramon), Bruninho (Peter), Rodrigo e Juninho; Viola e Fabrício Carvalho; Técnico: Rogério Fidelis;

ECUS: Bruno; Zumba (Airton), Lucas, Caio Bobb (Victor) e Gabriel; Romualdo, Robsão, Yan e Zé Felipe; Willian e Felipe (Deghlê); Técnico: Cícero Pastoura

Cartões: Marcelinho, Gabriel e Rodrigo (CATS); Robsão (ECUS);

Árbitro: Edirlei dos Santos;

Assistentes: Evandro de Melo Lima e Renato de Oliveira Cardoso;

Quarto árbitro: Paulo Santiago de Medeiros;

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online