‘Ameaças’ constantes de CPI

Durante a sessão desta terça-feira (10) o presidente da Câmara, Marcos Paulo voltou a ameaçar o governo com a abertura de uma CPI contra a atuação da Secretaria de Transportes e Mobilidade, Gerson Brito. “Talvez ainda hoje, eu faça um pedido de CPI para investigarmos a Cobrasin. […] Talvez o secretário Gerson [Brito] ficará muito feliz de vir aqui a Casa, ele que é pré-candidato a vereador”, disse o presidente.

Por trás de toda essa briga, está a disputa por votos dentro da igreja que ambos congregam. Paulinho já fez vários pedidos ao prefeito para que Gerson não seja candidato a vereador. O secretário, aliás, deixa claro que vai até o fim. Ou seja, a briga vai esquentar até as eleições em outubro.

Ao final da sessão, nenhum pedido de CPI foi apresentado pelo vereador.

Este anúncio custou aos cofres públicos municipal a quantia de R$ 1.100,00.