loader-image
temperature icon 23°C

Avanço da dengue ameaça Taboão e Embu durante o verão

Compartilhar notícia

dengueO próximo verão na região deve ser marcado com o avanço da dengue em Embu das Artes e Taboão da Serra. As duas cidades fazem parte das 283 com alto ou muito alto para a ocorrência de dengue, segundo levantamento do Centro de Vigilância Epidemiológica (CVE) e da Sucen (Superintendência de Controle de Endemias). Não bastasse isso, pela primeira vez o estado registra a circulação do vírus tipo 4 da dengue, ampliando os casos graves e óbitos.

De janeiro a agosto, ambas registraram juntas 224 casos de dengue. Sendo 157 e 67 casos em Embu das Artes e Taboão da Serra, respectivamente.

Para tentar conter as contaminações feitas pelo mosquito Aedes aegypti, nesta segunda-feira, dia 3, o governo do estado lançou o Plano Estadual de Intensificação das Ações de Vigilância e Controle da Dengue que incluem várias medidas, entre elas o treinamento de pessoal para o trabalho de prevenção. Para desafogar os hospitais dos municipais com maiores incidências, o governo promete montar hospitais de campanha que vão oferecer um tratamento especializado.

“O esforço que está sendo feito unindo os três governos – federal, estadual e as prefeituras municipais -, aliado ao treinamento de profissionais para o trabalho de prevenção, começa em 283 cidades que são absolutamente prioritárias. Além disso, outra ação é o diagnóstico rápido através do Instituto Adolfo Lutz e o tratamento da doença”, afirmou o governador Geraldo Alckmin (PSDB) durante o evento.

dengue
Gestores municipais durante lançamento do plano de combate a dengue em São Paulo. (Foto: Divulgação / Ciete Silvério)

Por Allan dos Reis

Veja também