Bancos vão restringir entrada de clientes durante fase vermelha em São Paulo

Por Samara Matos, na redação

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) anunciou uma série de medidas para o funcionamento das agências durante a fase vermelha do Plano SP, que começa a valer a partir do próximo sábado (6). Entre as ações adotadas, os bancos vão restringir a entrada de clientes nas unidades e dedicar um horário especial ao público que faz parte do grupo de risco. As novas regras devem seguir o cronograma do governo de São Paulo para a fase vermelha, prevista para as duas próximas semanas. 

Nesta fase de restrições, o expediente segue das 09h às 15h, sendo que a primeira hora, até às 10h, será dedicada exclusivamente a gestantes e maiores de 60 anos. O público geral terá seus serviços atendidos das 10h às 15h.

Além disso, os bancos passam a atender apenas os “casos absolutamente prioritários”. Os funcionários farão triagem de atendimento para evitar aglomerações dentro das unidades. Como não há uma lista com a indicação de quais serviços são considerados prioritários, cada agência deve avaliar caso a caso.

Nesse período, estão suspensas todas as reuniões, agendamento de visitas externas e contatos fora das agências. A rede bancária também vai ampliar a sinalização interna, indicando a distância necessária entre as pessoas e ressaltando a necessidade do uso de máscaras.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.