loader-image
temperature icon 19°C

Câmara de Taboão realiza audiência para prestação de contas da prefeitura

Compartilhar notícia

Prefeitura de Taboão da Serra abre suas contas em audiência na câmara. (Foto: Divulgação / PMTS)
Prefeitura de Taboão da Serra abre suas contas em audiência na câmara. (Foto: Divulgação / PMTS)

A Câmara Municipal de Taboão da Serra realizou nesta sexta-feira, dia 2, uma audiência pública relativa a prestação de contas do último quadrimestre de 2011 da prefeitura. Na ocasião, a secretária de finanças, Rosana Maciel, apresentou os números relativos a saúde financeira do município.

A audiência de prestação de contas é um dispositivo constitucional. Segundo Ronaldo Onishi, presidente da Comissão de Finanças e Orçamentos, a reunião foi muito proveitosa. “Teu acredito que o orçamento da prefeitura cresceu e aumentou. O que demonstra que a cidade está crescendo”, disse.

Ainda segundo Onishi, a comissão fez uma série de questionamentos, como o valor que foi fraudado da Dívida Ativa no ano passado, o pagamento de fornecedores e o repasse da TaboãoPrev. “Saio dessa reunião com a sensação do dever cumprido, esperamos agora que a prefeitura nos repasse as informações solicitadas que ficaram faltando”.

Paulo Félix questionou a secretária em relação ao repasse que a prefeitura está em atraso com a TaboãoPrev, autarquia que cuida do fundo de pensão dos funcionários públicos. “É inadmissível que a prefeitura atrase o repasse e não tenha nenhuma punição. O dinheiro demora 80 dias para ser repassado e não existe nenhuma correção?”, perguntou.

O vereador Alexandre Depieri quis saber como está o pagamento dos fornecedores da prefeitura. “Queremos saber qual a dívida hoje da prefeitura, quanto que o município deve e se vai conseguir fechar as contas no final do ano”. A secretaria garantiu que o município está com as finanças equilibradas e que o governo irá respeitar a lei de responsabilidade fiscal.

Entre os dados divulgados estão o gasto com pessoal, que chegou a R$ 120 milhões no ano passado, dentro da margem permitida pela Constituição Federal. Participaram da reunião os vereadores Alexandre Depieri e Paulo Félix, ambos da comissão de Finanças e Orçamento e o vereador Cido.

Por Eduardo Toledo

Assessoria de Comunicação da CMTS

Veja também