CEI afasta Félix e suspende investigações da fraude em Taboão da Serra

A Comissão Especial de Inquérito (CEI) da Câmara de Taboão da Serra, criada em maio para apurar as irregularidades nas finanças da prefeitura municipal, acatou a decisão do presidente da câmara José Macário (PT) e afastou nesta quarta-feira, dia 5, o vereador e relator da comissão Paulo Félix (PSDB) por solicitação de nove vereadores. A vereadora Fausta (PSB) vai ocupar o lugar do vereador na CEI. O novo relator ainda não foi escolhido.

Assim que a nova membro tomou posse, os vereadores presentes (o petista Wagner Eckstein não compareceu) decidiram suspender os trabalhos da comissão até a próxima terça-feira, dia 11, quando o tema deve ser discutido por todos os vereadores durante a sessão.

Félix – que recorreu à justiça e teve o pedido de liminar negado – é acusado de venda de loteamentos irregulares na cidade e responde processo por isso. Ele também foi acusado de baixar IPTU de forma irregular, fato refutado por ele.

Paulo Félix
Paulo Félix é afastado da CEI a pedido de nove vereadores. (Foto: Allan dos Reis / Arquivo)

O vereador Valdevan Noventa (PDT) aproveitou para criticar os vereadores que ignoraram o fato durante a sessão desta terça-feira, dia 4. “[o afastamento] é uma questão que não está sendo discutida. Está todo mundo muito calado. Não adianta fugir. É trabalho desta casa”, diz.

Por Allan dos Reis

0 comentário em “CEI afasta Félix e suspende investigações da fraude em Taboão da Serra”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.