Com bandeira vermelha, contas de luz ficam mais caras no mês de maio

Por Samara Matos, na redação

A bandeira tarifária do mês de maio será vermelha e de patamar 1, segundo comunicado da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Assim, os consumidores abastecidos pela Aneel, como Taboão da Serra terá o custo adicional de R$4,169 para cada 100kWh consumidos. O mês de abril marcou o fim do período de transição entre as estações úmida e seca nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN), de acordo com a agência.

A Aneel informa ainda que no mês de maio, iniciou-se o período seco, com os principais reservatórios apresentando diminuição em seus níveis nesta época do ano. Essa conjuntura sinaliza patamar desfavorável de produção pelas hidrelétricas e elevada necessidade de acionamento do parque termelétrico, aumentando os custos.

ENTENDA AS BANDEIRAS TARIFÁRIAS

A verde indica condições favoráveis de geração de energia, portanto, ela não tem cobrança adicional. A amarela ocorre quando há condições menos favoráveis com a cobrança de R$ 1,34 por 100 kWh. Já a vermelha tem taxa adicional em dois patamares. No primeiro o adicional é de R$ 4,16. No segundo a taxa é de R$ 6,24 a cada 100 kWh consumidos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.