Comerciantes do Parque Pinheiros reclamam da “Área Azul”

parquimetroOs comerciantes do Parque Pinheiros, em Taboão da Serra, estão fazendo um abaixo-assinado contra a “Área Azul”, instalada na cidade no dia 19 de Setembro. Eles alegam que desde que foi implantado no bairro, o sistema de cobrança para estacionar nas ruas o número de clientes caiu entre 20 % e 50%. Eles querem se unir a comerciantes de outros bairros e colher cerca de 20 mil assinaturas para entregar às autoridades da cidade.

O comerciante Pedro Ivo Alonso Peres, proprietário da lanchonete ‘O Bendito Café’, diz que o movimento caiu cerca de 40% de queda desde o início da cobrança. Ele é um dos responsáveis por recolher assinaturas.

”Para o comercio central o estacionamento rotativo disponibiliza mais vagas e como o fluxo de cliente é maior na região central isso gera mais lucro, mas onde ainda é uma área residencial e freqüentada por advogados em sua maioria, não comporta e prejudica o movimento.”, reclama Peres.

Para não perder clientes, o Restaurante “O Taboão” está reembolsando aos seus clientes o valor que eles pagam para estacionar nas vias.

O advogado e presidente da Comissão de Segurança Pública da OAB-Taboão da Serra, Dr. Ramiro Filho Santos de Moraes, diz que é necessária a Área Azul, pois ajuda a disciplinar o estacionamento e vagas na região do Parque Pinheiros, mas afirma que para os advogados que estão no fórum diariamente a cobrança se torna onerosa. Além de ser impossível sair no meio de uma audiência, a cada duas horas, para trocar o o cartão do estacionamento..

Segundo a Assessoria de Imprensa do Consórcio de Estacionamento Rotativo Taboão, responsável pela chamada ‘Área Azul’ afirma que no local aonde foram instalados os parquímetros o público está satisfeito com o serviço, pois agora a rotatividade das vagas funciona.

* Texto alterado às 10h35

Por Williana Lascaleia

0 comentário em “Comerciantes do Parque Pinheiros reclamam da “Área Azul””

  1. Entendo que o estacionamento rotativo pago é mais oneroso ao cidadão, mas precisa ficar mais claro quais todos os benefícios do serviço, porque antes parava-se o carro na via e “ficava” o dia inteiro, agora pode-se fazer a mesma coisa desde que se pague, essa é a vantagem?!. Algum dias atrás podia-se diexar o carro na rua e o “guardador” “olhava” o carro, enquanto cumpria-se os compromissos, hoje paga-se pela vaga e ninguem olha, é isso??!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.