loader-image
temperature icon 20°C

Deputados Dr. Eduardo Nóbrega e Analice Fernandes votam pela privatização da Sabesp

Compartilhar notícia

Direto da Redação

Os deputados estaduais Dr. Eduardo Nóbrega (Podemos) e Analice Fernandes (PSDB) votaram a favor do projeto de lei que autoriza o Governo do Estado de São Paulo a privatizar a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo). Atualmente o Estado tem 50,3% do capital da empresa e o controle operacional.

A deputada Mônica Seixas (Psol), que tem em seu mandato coletivo a codeputada Najara Costa, se absteve da votação junto com outros deputados oposicionistas, após confusão entre a PM e manifestantes.

Nas redes sociais, Nóbrega realizou uma enquete com seus seguidores e perguntou. “Você é a favor ou contra a privatização da Sabesp?”. E 64% das pessoas votaram “Contra” a privatização, fato ignorado pelo deputado ao votar. O Taboão em Foco também fez enquete semelhante e o resultado foi de 60% contra a privatização e 40% a favor.


A deputada Analice votou a favor e postou fotos nas redes sociais celebrando o “voto favorável a desestatização da Sabesp”. Os favoráveis, aliás, trocam a palavra privatização por desestatização. A deputada também ficou “indignada” e culpou os manifestantes pela confusão com a Polícia Militar.

NA CONTRAMÃO

Uma matéria produzida pela BBC Brasil mostra que a privatização do sistema de água e esgoto vai na contramão do que acontece no mundo. Desde 2000, “houve 344 casos de ‘remunicipalização’ de sistemas de água e esgoto pelo mundo” como em Berlim, Paris, La Paz e Buenos Aires.

Veja também