Enem 2020 é adiado e nova data será entre 30 e 60 dias depois do previsto

Por Samara Matos, na redação

Nesta quarta-feira (20), o Ministério da Educação (MEC) e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) decidiram adiar o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) devido às dificuldades trazidas pela pandemia do novo coronavírus. A medida vale para as versões digital e impressa do Enem.

As inscrições para a prova seguem abertas até as 23h59 desta sexta-feira (22). As provas estavam previstas para acontecer em novembro. Agora, devem ser adiadas para dezembro ou janeiro de 2021. Para isso, o Inep promoverá uma enquete direcionada aos inscritos do Enem 2020, a ser realizada em junho, por meio da  Página do Participante, no site do Enem. 

Em nota, o Inep, responsável pela aplicação da prova, decidiu que as provas serão adiadas de 30 a 60 dias em relação ao que estava previsto no edital.

“Atento às demandas da sociedade e às manifestações do Poder Legislativo em função do impacto da pandemia do coronavírus no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e o Ministério da Educação (MEC) decidiram pelo adiamento da aplicação dos exames nas versões impressa e digital. As datas serão adiadas de 30 a 60 dias em relação ao que foi previsto nos editais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este anúncio custou aos cofres públicos municipal a quantia de R$ 1.100,00.