Ex-candidata a prefeita pelo Psol, Najara Costa boicota presença de Boulos em Taboão da Serra

Najara Costa e Guilherme Boulos em São Paulo

Por Allan dos Reis, na redação – (foto capa – arquivo)

Quarta colocada nas eleições municipais de Taboão da Serra em 2020 com 8.734 votos, a Professora Najara Costa (Psol) boicotou o evento do pré-candidato a governador Guilherme Boulos por discordar da agenda do correligionário junto com o prefeito Aprígio (Podemos) e outros políticos da cidade.

“[…] Não compareci por não concordar com a maneira a qual o encontro se deu. Boulos veio à Taboão, como tem ido a alguns municípios, sem construir com o diretório. Para além disso, se reuniu antes do evento com o prefeito, vereadores da cidade e caciques da política taboanense. Estes que são representantes maiores de um fazer político que a cada dia se mostra mais equivocado e defasado, por ser totalmente diferente do projeto que queremos, com e para o povo, os trabalhadores, as mulheres, negros e outros grupos minorizados”, postou Najara.

Além disso, ela justifica que Boulos deveria estar junto aos servidores municipais, que realizaram manifestação no mesmo dia por melhores salários.

Durante o encontro como prefeito, o pré-candidato reforçou a importância do diálogo com todas as lideranças, em prol da democracia. “Esse papo demonstra a situação que estamos hoje no país. O debate nos faz colocar pequenas diferenças de lado e entender que precisamos fortalecer o campo democrático, um campo civilizatório. A disputa no Brasil, óbvio que tem a esquerda, tem direita, mas a grande disputa é democracia contra barbárie”, diz Boulos.

Najara Costa não gostou do encontro de Guilherme Boulos com o prefeito Aprígio e ignorou caravana do Psol.

Depois disso, o político do Psol afirmou entender as dificuldades enfrentadas pelo prefeito na administração da cidade. “Eu imagino Aprígio, o que você está sofrendo, que é ter que se virar, tirar leite de pedra e ser jogado a própria sorte. Porque [é ruim] não ter a União, não ter o Estado, numa Prefeitura, embora a arrecadação seja boa. […] Aprígio, parabéns e obrigado pelo acolhimento. Ter uma postura como essa num momento tão tóxico da política, é um momento de coragem e te cumprimento por isso”, completou.

Veja o post completo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *