loader-image
temperature icon 25°C

Fiscalização do Coren-SP motiva abertura de concurso público para técnicos e enfermeiros em Taboão da Serra

Compartilhar notícia

Direto da redação

Em janeiro deste ano, a coordenadora de enfermagem da rede municipal de saúde de Taboão da Serra, Josie Oliveira Ramos, procurou a fiscalização do Coren-SP em busca de apoio para a adequação do serviço na Atenção Primária e na rede de especialidades do município.

“Identificamos a necessidade de fazer um levantamento do dimensionamento de enfermagem para repor o quadro de profissionais. Para isso, pedi suporte da coordenadora da fiscalização do Coren-SP, Rendrica Furegatti e da fiscal Maristela Barbosa Massuda, que é referência no cálculo de dimensionamento. Fizemos uma oficina de dimensionamento aqui e pude enviar o cálculo para checagem das fiscais”.

Após mais de seis meses de trabalho ininterrupto em parceria com a equipe de fiscais do Coren-SP, chegou-se a um consenso no início de agosto em relação ao quantitativo ideal de profissionais na rede de Taboão da Serra, em cumprimento à Resolução Cofen nº 543/2017.

 

A coordenadora de enfermagem de Taboão da Serra, Josie Oliveira Ramos

Os cálculos de dimensionamento foram feitos pela equipe de Josie e conferidos, um a um, pela fiscal Maristela. “Recebemos cálculos de dimensionamento de 23 instituições de saúde, a maior parte dela já fiscalizada. Isso demonstra o envolvimento da Josie como gestora e a ideia de parceria entre ela, sua equipe e a fiscalização do conselho”, coloca a coordenadora Rendrica Furegatti.

Nesses seis meses de trabalho, já foram feitas duas reuniões entre a fiscalização do Coren-SP e os gestores de enfermagem de Taboão da Serra, uma delas no dia 13 de abril e outra em 19 de abril.

“Na próxima reunião teremos já todos os números referentes ao dimensionamento da Atenção Primária e da rede de especialidades de Taboão e as notificações referentes às fiscalizações feitas nas instituições. Essa reunião terá a participação do Secretário Municipal de Saúde, o Sr. José Alberto Tarifa, que ao que tudo indica nos apoiará para a resolução de todas as notificações emitidas pela fiscalização”, coloca Rendrica Furegatti.

 

A coordenadora de fiscalização, Rendrica Furegatti e a fiscal de referência em cálculo de dimensionamento, Maristela Barbosa Massuda, consideram o trabalho em Taboão um exemplo de parceria eficaz e resolutiva entre o conselho e a gestão municipal de saúde

A fiscal Maristela Barbosa Massuda explica porque também aprova esse método de trabalho, onde a fiscalização se coloca como parceira dos municípios: “Tivemos um feedback onde a gestora Josie nos disse que graças às notificações emitidas pela fiscalização os gestores de enfermagem de Taboão tiveram mais força para pedir a contratação de novos profissionais por meio da realização de um concurso público. Estou achando esse trabalho maravilhoso, pois é um método muito resolutivo e eficaz de lidar com os apontamentos da fiscalização”, conclui.

Como consequência direta desse trabalho da fiscalização do Coren-SP em parceria com a coordenação de enfermagem municipal, em junho deste ano foi realizado um concurso público pelo município de Taboão da Serra, no qual foram ofertadas 25 vagas para técnicos de enfermagem e 25 para enfermeiros, mais cadastro de reserva.

“O concurso já foi homologado. Conseguimos realiza-lo por meio desse instrumento da fiscalização do conselho que deu suporte estrutura para que pleiteássemos junto ao governo municipal. O chamamento do concurso está previsto para o fim deste ano”, comemora Josie Oliveira Ramos.

Outras conquistas dessa parceria com o Coren-SP foram a elaboração do Manual de Enfermagem do município, de protocolos assistenciais e Procedimentos Operacionais Padrão (POPs).

“Antes não tínhamos muita proximidade com o conselho, o contato com as fiscais era mais distante. Por isso, fiquei satisfeita quando surgiu essa oportunidade de chamar o conselho para nos dar suporte, apoio e embasamento à equipe de enfermagem. A nossa equipe, estando capacitada, terá mais qualidade para prestar a assistência. É isso o que estamos buscando, e pouco a pouco as coisas estão caminhando”, encerra a coordenadora de enfermagem Josie Oliveira Ramos.

A equipe de fiscais que participou desse processo, coordenada por Rendrica Furegatti foi: Maristela Barbosa Massuda, Carolina Cardoso Ferri, Maria Adelina da Cunha, Cristina Rodrigues Portela, Cristiane Garcia Sanchez e Rosane Kazuko Okubo.

Veja também