loader-image
temperature icon 27°C

Funcionários dos Correios anunciam greve às vésperas da Black Friday

Compartilhar notícia

Por Samara Matos, na redação

Trabalhadores dos Correios anunciaram a decisão de paralisar por tempo indeterminado a partir desta quinta-feira (23), véspera da  Black Friday.

A decisão foi divulgada pelos sindicatos dos Correios das cidades de São Paulo e Bauru (SP), e dos estados do Rio de Janeiro, Tocantins e Maranhão, representados pela Federação Interestadual dos Sindicatos dos Trabalhadores e Trabalhadoras dos Correios (Findect).

A greve foi definida como resposta ao que a federação chamou de “recusa” dos Correios em resolver questões relacionadas à assinatura de acordo coletivo. O anúncio ocorre um dia após a empresa divulgar descontos de até 30% para envio de encomendas durante a Black Friday.


Em comunicado, a Findect afirmou que, “diante de um momento crucial em nossa categoria dos Correios”, as direções sindicais “aprovaram o acordo sem analisar minuciosamente seu conteúdo, permitindo que 26 inconsistências persistissem. Uma dessas questões cruciais é a não incorporação dos R$ 250 ao salário base, configurando um golpe financeiro direto contra os trabalhadores”. Atualmente existem 36 sindicatos dos Correios no Brasil.

Segundo a Federação, a direção da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) afirmou que pagaria a incorporação em “passos”, em “uma manobra que não traria benefício algum aos trabalhadores”.

A entidade também critica a “iminente incidência de impostos sobre a bonificação de R$ 1500 que será pago em janeiro”, que “representa um sério risco de redução substancial desses valores, agravando os prejuízos para os trabalhadores”, e contraria “a promessa da direção de que esses valores chegariam de forma líquida aos trabalhadores”.

Veja também