loader-image
temperature icon 24°C

Fundador e presidente da ONG Beija-Flor, de Taboão, morre aos 79 anos

Compartilhar notícia

Adilson Oliveira, na região do Pirajuçara, em Taboão da Serra

Morreu na manhã desta quinta-feira, dia 27, aos 79 anos, em decorrência de problemas cardíacos, Wolmer Barbosa Pinto, fundador e presidente da ONG Beija-Flor, localizada no Jardim Helena, em Taboão da Serra. Depois de permanecer na UTI de hospital em São Paulo durante quase um mês, ele estava de alta havia uma semana e se encontrava em casa quando passou mal. Levado ao Pronto-Socorro Antena, já chegou sem vida.

Presidente-fundador da Beija-Flor, Wolmer (centro) é homenageado pelo trabalho desenvolvido em evento na ONG (foto: Divulgação)

Apesar da saúde debilitada, Wolmer dizia não querer ser internado, desejava passar o restante de vida “nos braços da família”. Porém, os parentes o socorreram, com transporte próprio, com a demora da ambulância do Samu, mas ele não resistiu. No PS, eles estavam consternados. Na porta, ao amparar uma familiar que desmaiou, uma filha dele caiu, bateu a cabeça, sangrava muito e foi carregada para dentro às pressas.

Gaúcho e em Taboão há mais de 40 anos, o economista e empresário desenvolveu o “Movimento Beija-Flor” com objetivo de “fazer com que os direitos do cidadão sejam respeitados” e “que toda a autoridade pública, principalmente os políticos, saiba que estaremos atentos a todos os acontecimentos e ações que dizem respeito ao povo”, entre 11 pontos. A ONG, no próprio espaço da residência, realiza projetos e ações sociais.

Moradores de Taboão em atividade na ONG cujo lema é "cidadania, ética, civismo, união e amor" (foto: Divulgação)

Ele escolheu o beija-flor como nome para expressar que “se cada um fizer a sua parte, vamos ter uma nação forte”. “Foi um homem que lutou nesta cidade para resgatar conceitos de cidadania, civismo e responsabilidade social. Um exemplo de vida”, disse a ex-secretária de Desenvolvimento Econômico Jacira Moreti, apoiadora da ONG, ao TF. O velório ocorre agora e o enterro, nesta sexta, às 10h, no cemitério da Paz, no Portal do Morumbi.

Em maio deste ano, ao lado da esposa, Wolmer recebe homenagem do Conseg.

Veja também