Governo do Estado: Rua que liga Taboão a São Paulo está bloqueada desde 2022 e sem previsão de liberação

Por Allan dos Reis, na divisa Taboão/São Paulo

Em dezembro do ano passado, um trecho da Rua José Carlos de Macedo Soares – na divisa Taboão da Serra e São Paulo – foi engolido no período de chuvas pelo Córrego Pirajuçara. Desde então, a via está interditada, prejudicando o trânsito na região central. São quase 8 meses de descaso do Governo do Estado, hoje sob gestão do governador Tarcísio de Freitas.

O Taboão em Foco esteve no local, onde apenas um segurança ‘cuida da área’. A Prefeitura de Taboão da Serra colocou placas avisando que a responsabilidade pela obra é do DAEE, do Governo do Estado. A Sabesp fez uma obra de canalização, mas não tem mais ninguém no local.

Com a via interditada, os motoristas precisam passar pela região central para sair da Região do Jardim Maria Rosa. Em alguns instantes, a mão da via é alterada.

Secretário municipal de obras de Taboão da Serra, Ricardo Rezende explica que o DAEE prometeu lançar licitação para consertar o trecho do córrego, que – com frequência – é danificado em período de chuvas.

(SEM) FORÇA POLÍTICA

A região elegeu nas eleições de 2022 a sua maior bancada na Alesp. Porém, ao que parece, essa representação ainda não foi convincente para que o governador resolva o problema que prejudica os taboanenses há mais de 8 meses. Com relação direta com Taboão da Serra, temos os deputados Eduardo Nóbrega (PODE) e Analice Fernandes (PSDB), além da codeputada Najara Costa (Psol).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.