Gratuidade para idosos é cancelada no transporte coletivo da capital e região metropolitana

Por Samara Matos, na redação

Nesta quarta-feira (23) o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), e o prefeito Bruno Covas (PSDB), determinaram o fim da gratuidade no transporte público para idosos de 60 a 65 anos. A nova regra passa a valer a partir de 1º de janeiro de 2021 para trens, metrô, ônibus municipais e intermunicipais – incluindo Taboão da Serra.  Para idosos acima de 65 anos, o transporte continua gratuito.

Em nota, o governo e a prefeitura disseram que a mudança “acompanha a revisão gradual das políticas voltadas a esta população” e citou como exemplo outras medidas tomadas pelo estado, como a ampliação da aposentadoria compulsória no serviço público, que passou de 70 para 75 anos, e a reforma da Previdência.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.