loader-image
temperature icon 25°C

Homicídios em Embu das Artes crescem 25% em 2011

Compartilhar notícia

Triste realidade: Investimentos em segurança ainda não resulturam na diminuição de homicídos na cidade.
Triste realidade: Investimentos em segurança ainda não resulturam na diminuição de homicídos na cidade.

Apesar do número de investimentos apontados pelo governo municipal de Embu das Artes com a contratação de novos Guardas Municipais e a instalação de Câmeras de Segurança pelo centro expandido na cidade, a taxa de homicídios dolosos (com intenção de matar) cresceu 25% no ano de 2011, entre o período de janeiro a novembro, em comparação com o ano anterior. Em 2010 o número de ocorrências registradas ficou em 36 casos; em 2011 a Secretaria divulgou o dado alarmante de 45 homicídios nos 11 meses de apuração.

Outro dado que choca e preocupa é a taxa de violência sexual contra a mulher. Conhecido como ocorrências por estupro, o número de vítimas registradas chegou a 104 casos constatados na cidade. No Estado o número de vítimas por esse delito chegou a 9.530, pelo período divulgado. A Secretaria também apresentou o índice de lesão corporal dolosa contra a mulher, onde no mês de novembro o número de episódios superou a casa dos 5 mil no Estado.

Em Taboão da Serra a taxa de homicídios dolosos ficou em 17 casos registrados em 2011, no período de 11 meses. Casos de estupro na cidade vizinha a Embu das Artes, apontados pela SSP, foram de 77 vítimas, 26% a menos em comparação com a cidade das artes. Outra comparação entre os municípios de Embu das Artes e Taboão da Serra, que deixa a Estância turística em desvantagem, é o número de ocorrências registradas no tráfico de entorpecentes. Embu apresentou 110 casos ante 54 de Taboão, no ano passado; média de 51% a menos.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Estado, São Paulo apresentou ligeira queda de 4,2% na taxa de homicídios, mantendo a taxa de 9,82 casos por 100 mil habitantes. Com esse índice divulgado o Estado de SP permanece fora da zona considerada epidêmica pela OMS (Organização Mundial de Saúde).


MALES DO PROGRESSO

De acordo com o Delegado Titular da Polícia Civil de Embu das Artes, Dr. Israel Presoto, o crescimento do número de vítimas por homicídio doloso, aquele em que há a intenção de matar, seria uma consequência da instalação do Rodoanel, facilitando o trânsito de veículos no Estado e ocorrendo na incidência de novos visitantes ao município, além do aumento da população na cidade, sendo estes os maiores fatores que contribuíram para essa triste constatação, conforme sua justificativa.

Israel indicou que em sua Central houve a incidência de 17 casos por esse seguimento em 2011, ante 14 ocorrências apontadas em 2010. Para ele apesar das iniciativas promovidas em campanhas de esclarecimento à população pela Polícia Militar no município, o crescimento do número de vítimas decorreu do “boom” progressista que a cidade vem sofrendo ao longo de 12 anos. A PM de Embu das Artes tem em média à disposição de 80 homens no trabalho diário para a contenção de transgressões a vítimas de violência e ao patrimônio particular.

FÔLEGO NOVO

A Guarda Civil Municipal de Embu das Artes integrou ao seu plantel 48 novos guardas formados no mês de dezembro de 2011 que estavam sendo preparados pelo Corpo da Guarda de Osasco. A formatura da nova turma que já está circulando pelo município aconteceu no Parque Francisco Rizzo na sexta-feira, 16 de dezembro, com a presença do prefeito Chico Brito e várias autoridades.

Segundo o prefeito, que discursou na formatura ressalvando a importância da ação da GCM na cidade, foram mais de 2 mil inscritos para o concurso promovido na escolha dos novos GCMs. Brito também lembrou a instalação de diversos aparelhos destinados à segurança de Embu das Artes, entre eles a construção das bases comunitárias do Parque Pirajuçara, Vista Alegre e da base ambiental em Itatuba, da sede central e da Central de Monitoramento que controla 62 câmeras por todo o Centro expandido da cidade.

Por Alexandre Oliveira, com informações da SSP

Do site Fato Expresso

Veja também