loader-image
temperature icon 27°C

Interdição da Rua do Fórum de Taboão atrapalha comércio local e vendas caem

Compartilhar notícia

Ordem dos Advogados cancelou atendimento ao público
Ordem dos Advogados cancelou atendimento ao público

Os comerciantes próximos ao Fórum de Taboão da Serra viram a sua clientela sumir nesses dias de julgamento dos acusados de fraudar a dívida ativa do município. Desde a última quarta-feira, dia 24, a Rua Mário Latorre está toda interditada. Restaurantes, açougue, papelaria e lanchonetes viram as suas vendas caírem. Nem mesmo OAB Taboão está fazendo atendimento ao público.

Na JJM Magazine as vendas caíram cerca de 40%. “O atendimento aqui caiu muito. Cerca de 40%”, afirma José Antônio.

As pequenas lanchonetes ao lado da OAB também amargam prejuízos nesses dias. “As pessoas que procuram atendimento aqui na OAB acabam vindo aqui tomar um café ou comer um salgado”, explicou um dos proprietários no primeiro dia de interdição.


A dona de um pequeno açougue nesta mesma rua afirma que muitas crianças iam comprar carne em seu comércio a pedido dos pais, mas que o número de viaturas da policia e a interdição das ruas fez com que as pessoas procurassem outros locais para efetuar a compra.

Já o restaurante O Taboão conseguiu manter as vendas no mesmo patamar porque os advogados e os réus estão almoçando no local, compensando a perda de seus habituais clientes, que não apareceram nestes dias.

interdição
Interdição da rua do Fórum prejudica o comércio local

Por Allan dos Reis

Veja também