loader-image
temperature icon 22°C

Metade das Câmeras de Monitoramento de Taboão não estão funcionando

Compartilhar notícia

GCMMais da metade, das 35 câmeras de monitoramento de Taboão da Serra não estão funcionando desde o início de 2011 devido à falta de manutenção. Elas são responsáveis por ‘vigiar’ os principais corredores comerciais da cidade e deveriam funcionar 24 horas por dia, mas muitas delas quebraram em conseqüência dos fortes raios do início do ano. Na Central de Monitoramento, que fica na base da Guarda Civil Metropolitana, pelo menos quatro monitores também estão queimados. 

O Secretário de Segurança Pública do município, Salvador Grisafi, reconhece que a falta de monitoramento deixa a cidade mais vulnerável e promete que em 30 dias todos os equipamentos estarão funcionando.

“A gente deixa de pegar determinados flagrantes na região. Infelizmente o Pronasci [programa do Governo Federal que viabilizou a instalação das câmeras] não manda recursos para manutenção. Espero que nos próximos 30 dias todos [equipamentos] estejam 100%”, diz Grisafi, que promete ampliar o raio de monitoramento nos próximos meses.

Da Redação

Publicado Originalmente na TRIBUNA Regional

Veja também